Sou Aluno
Formações
Imersões
Eventos
Tools
Artigos
Sobre Nós
Para Empresas

Home office, híbrido ou presencial: qual é o modelo de trabalho mais produtivo?

Nós pesquisamos as principais diferenças em produtividade de cada modelo de trabalho e qual é o modelo preferido de funcionários e empresas; confira

Home office, híbrido ou presencial: qual é o modelo de trabalho mais produtivo?

(Foto: Cecilie_Arcurs via Getty Images)

, jornalista da StartSe

6 min

11 jul 2023

Atualizado: 11 jul 2023

newsletter

Start Seu dia:
A Newsletter do AGORA!

O trabalho híbrido pode trazer mais produtividade (principalmente em tarefas mais analíticas), mas pode diminuir o engajamento dos funcionários. É o que aponta uma pesquisa interna feita pela StartSe com 32 lideranças de RH do Brasil (e que fazem parte da comunidade First Movers, da StartSe).

  • A maioria das empresas também está buscando indicadores para medir como o regime de trabalho tem afetado o dia a dia.

Isso porque escolher o regime de trabalho mais adequado não tem sido uma tarefa fácil para as empresas brasileiras. E não é por acaso: todos os três modelos mais usados atualmente possuem prós e contras – e é isso que iremos discutir hoje. Confira o relato de alguns membros da nossa comunidade.

Como tornar o home office total mais produtivo?

“Houve aumento de produtividade com o regime 100% remoto por conta da redução do tempo de deslocamento para o escritório”, afirma Frederico Lacerda, CEO da Pin People. “Mas em linha com a existência de uma cultura remota e com a adoção de boas práticas de trabalho remoto, incluindo o treinamento da liderança e dos colaboradores em aspectos como gestão e colaboração remota. Não faz sentido adotar modelos remotos e manter práticas do trabalho presencial”, completa Lacerda.

Além de uma cultura que abrace o remoto, as plataformas de trabalho também têm sido importantíssimas no resultado, então outra dica é escolhê-las com atenção. São elas que facilitarão o contato no dia a dia e podem trazer índices de produtividade.

“Muitas equipes remotas se tornaram mais produtivas em atividades colaborativas usando aplicativos de colaboração como o Teams”, conta Silvia Shiota, diretora de Gestão Corporativa no Kumon Instituto de Educação.

Além disso, mesmo em um regime 100% remoto, os setores de Pessoas podem marcar eventos online ou presenciais sazonais para promover a conexão entre os funcionários da empresa (visto que este pode ser um grande desafio quando não há uma rotina de encontros).

Como tornar o modelo híbrido mais produtivo?

A mesma pesquisa interna trouxe dados importantíssimos:

  • O regime de trabalho híbrido é o preferido dentre as empresas listadas
  • As vagas híbridas têm maior procura em pelo menos 20 das empresas pesquisadas

De acordo com os nossos especialistas, o modelo híbrido é o que tem feito mais sucesso – talvez por equilibrar os prós e contras do 100% remoto e presencial. Mas como garantir que o formato é produtivo?

Aqui podemos nos aproveitar das boas práticas do trabalho remoto, mas com o plus de estabelecer uma rotina de trabalho no escritório.

Mas não há uma receita de bolo ou modelo ideal. O ideal, mesmo, é que seja uma decisão conjunta e personalizada. Se a rotina será de um, dois ou três dias presenciais, cabe uma discussão entre a liderança, RH e os funcionários. A decisão conjunta pode favorecer dias em que toda a empresa estará presente ou, em casos de redução de espaço de escritório, que as equipes que trabalham juntas possam conviver no mesmo espaço, nos mesmos dias.

Além disso, uma boa prática é agendar as reuniões mais importantes para os dias presenciais e tarefas que necessitam de mais concentração ao home office.

Mulher mexendo no notebook durante o home office (Crédito: Foto de Vlada Karpovich no Pexels)

Como tornar o presencial mais atrativo?

Um dos benefícios relatados do trabalho híbrido ou remoto é uma maior facilidade no equilíbrio de vida pessoal e profissional. Mas como trazer uma experiência semelhante em empresas em que o trabalho presencial é mandatório devido a natureza do negócio?

Marilise Pinheiro, gerente de RH Corporativa do Ancar Ivanhoe Shopping Centers, dá uma dica: “Nosso negócio é físico e por isso acreditamos que o envolvimento com ele é mais efetivo estando presencial. Entendo que o trabalho presencial, favorecendo estar em unidades diferentes, às vezes mais próximas de casa, seja um bom meio do caminho”.

POR QUE IMPORTA?

O regime de trabalho adotado impacta diretamente na atração e retenção de talentos. Mas, para tomar essa decisão, a recomendação é que a empresa avalie o formato que mais faz sentido para seu negócio, construa (ou transforme) os processos necessários e analise os índices de produtividade.

Gostou deste conteúdo? Deixa que a gente te avisa quando surgirem assuntos relacionados!


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

Jornalista formada pela Faculdade Cásper Líbero. Apresenta o podcast Agora em 10 na StartSe e também atua na área de Comunidades na empresa. É especialista em inovação, tecnologia e negócios.

Leia o próximo artigo

newsletter

Start Seu dia:
A Newsletter do AGORA!