Sobre NósPara Você
Para EmpresasConteúdos
Eventos
Game Changers

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Eventos

Jornadas de conhecimento fomentando o aprendizado dinâmico e inovador em diversos formatos e intensidades

Ver todos

Ainda não temos eventos programados. Mas estamos preparando encontros repletos de inovação para você!

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Artigos
Empreendedorismo

Mesmo com prejuízo recorde, SoftBank avalia lançar mais um fundo

Em meio a prejuízo recorde, Softbank considera lançar o terceiro Vision Fund

Mesmo com prejuízo recorde, SoftBank avalia lançar mais um fundo

SoftBank (Foto: Getty Images via Tomohiro Ohsumi / Colaborador)

Conteúdo exclusivo Startups 

Nos últimos meses, as turbulências do mercado financeiro e do ecossistema de startups colocaram o reino do SoftBank em uma crise acentuada. Em agosto, o megafundo japonês reportou um dos piores resultados de sua história com perdas de US$ 21,6 bilhões em seu primeiro trimestre fiscal.

Durante a apresentação dos resultados, Masayoshi Son, fundador e CEO do SoftBank, admitiu que após o mercado aquecido ano passado, agora sentia-se “envergonhado” com seu próprio comportamento. E mais: afirmou que o SoftBank deve fazer uma “redução dramática” em seu quadro em diversas unidades de negócio e será ainda mais conservador em suas escolhas de investimentos.

Ainda assim, o conglomerado avalia lançar um terceiro fundo de investimentos da série Vision Fund, utilizando recursos do caixa próprio. As informações foram noticiadas pelo jornal norte-americano The Wall Street Journal e confirmadas pela Reuters na quarta-feira (14).

O tamanho do fundo ainda não foi determinado, mas seu lançamento está previsto para o início de 2023, afirmaram pessoas familiarizadas com o assunto que conversaram com a Reuters. “A fonte, que pediu anonimato já que essas discussões são confidenciais, alertou que os planos estão sujeitos a mudanças e [o SoftBank] pode eventualmente decidir não lançar um novo fundo”, escreveu a Reuters.

Em 2017, o Vision Fund I levantou US$ 100 bilhões para investir em startups, sendo US$ 28 bilhões do próprio caixa e o restante de terceiros. O Vision Fund II veio dois anos depois, com US$ 49 bilhões disponíveis pelo SoftBank e sócios do grupo.

Tensão generalizada

Frente ao cenário atual do mercado, os investimentos liderados pelo SoftBank, que comandou a onda de interesse de fundos de venture capital na América Latina, tem despencado na região. Dados divulgados pela Pitchbook mostram que o total deals teve uma queda em investimentos de 71% comparado ao recorde de US$ 7,1 bilhões registrado no terceiro trimestre de 2021, de acordo com a plataforma.

O fundo vem perdendo grandes aliados como Rajeev Misra, que tocava o Vision Fund, depois de ter sofrido diversos desfalques com nomes como Marcelo Claure, que liderava as operações na América Latina e saiu em janeiro em meio a divergências sobre compensação, além de outras lideranças.

Ao mesmo tempo, a vida não anda muito fácil para as investidas do conglomerado japonês. A MadeiraMadeira, que em 2021 levantou US$ 190 milhões com o SoftBank e Dynamo, cortou 3% do seu quadro de funcionários para reduzir os custos. Nos últimos meses, outras startups do portfólio do SoftBank enxugaram as operações, como a Loggi, que ontem cortou cerca de 15% do seu quadro de 3.000 pessoas.

A VTEX dispensou mais de 10% do quadro e a healthtech Alice, que em dezembro fechou uma série C de US$ 127 milhões, desligou 63 funcionários. Loft e QuintoAndar foram outras gigantes afetadas pela onda dos layoffs.


Assuntos relacionados

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo