Sobre Nós
Para Você

NOVO

Para Empresas
Conteúdos
Eventos
Game Changers
Tools
NOVO

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Tools

NOVO

As ferramentas de inteligência artificial desenhadas para o seu negócio

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Por que a Lyft vendeu sua divisão de carros autônomos para a Toyota?

Dois meses após a Uber vender sua divisão de carros autônomos, a concorrente Lyft toma a mesma decisão -- e agora?

Por que a Lyft vendeu sua divisão de carros autônomos para a Toyota?

, jornalista da StartSe

6 min

27 abr 2021

Atualizado: 23 jan 2023

Por Tainá Freitas

Mudanças continuam acontecendo no segmento de carros autônomos! Dois meses após a Uber vender sua divisão de veículos autônomos, agora é a vez de sua concorrente Lyft fazer o mesmo. A Woven Planet, uma subsidiária da Toyota, adquiriu a Level 5 por US$ 500 milhões.

Para Logan Green, CEO da Lyft, esse movimento marca “um passo a frente rumo à tecnologia dos veículos autônomos”. Com a aquisição, o time da Level 5 irá se unir às equipes da Woven Planet e Instituto de Pesquisa da Toyota para continuar o trabalho realizado pela companhia há oito anos.

 

O NOVO PAPEL DA LYFT NESTA CORRIDA

A aquisição marca um reposicionamento da Lyft no setor de carros autônomos. Como parte do acordo, a startup irá fornecer dados da utilização de seus sistemas e até das corridas realizadas como forma de “acelerar a segurança e comercialização dos veículos autônomos desenvolvidos pela Woven Planet”.

Daqui para frente, a empresa irá focar em software. A equipe de “Open Plataform” da Lyft, responsável por desenvolver o sistema de carros autônomos, será a nova equipe de veículos autônomos da companhia.

“Com a nova equipe de divisão de veículos autônomos, nós podemos combinar o poder da rede híbrida da Lyft, o conhecimento do mercado e os recursos de gerenciamento de frota para ajudar nossos parceiros a escalar a implantação dos veículos com a maior receita e menor custo por milha”, explica Logan Green no anúncio.

 

OS GRANDES PLANOS DA TOYOTA

Já a Toyota está investindo naquilo que sabe melhor – o hardware, desenvolvendo os veículos em si. Antes mesmo de adquirir a divisão da Lyft (que chegou a fazer testes com os próprios carros nas ruas), a companhia já havia realizado uma parceria com a startup Aurora – sim, a mesma empresa que comprou a ATG, divisão da Uber

E os planos de direção autônoma da Toyota já estão chegando à venda. No início deste mês, a montadora japonesa lançou dois veículos com direção autônoma nível 2.

Os novos Lexus LS e Toyota Mirais são capazes de se manter nas pistas, viajar com distância entre outros veículos e auxiliar os motoristas com mudanças de faixas. Ainda é necessário, no entanto, que o motorista fique com as duas mãos no volante e assuma o controle caso algo aconteça.

PARA ONDE VÃO OS CARROS AUTÔNOMOS?

Embora estejam cada vez mais desenvolvidos, ainda não há uma previsão de quando os carros autônomos estarão presentes na vida das pessoas diariamente -- seja em corridas por aplicativos ou compra. 

A exemplo da Uber, Lyft e Toyota, as empresas ainda estão entendendo seus papéis no setor e fazendo parcerias para avançar rapidamente. Entenda o que aconteceu com a Uber no início deste ano:

Thumbnail do vídeo

Do lado das empresas de tecnologia, temos o Google (com sua subsidiária Waymo), Lyft, Didi Chuxing, Aurora, Apple, Drive.ai, entre outras. Já citando as montadoras, temos a Toyota, Tesla, General Motors (que adquiriu a startup Cruise), Honda, Hyundai, Volvo… A lista é longa. Agora, é esperar para ver quem irá mais longe (e mais rápido!) nessa corrida.

O Planejamento Estratégico Tradicional se tornou um mecanismo "ingênuo" para acompanhar o ritmo da Nova Economia. Conheça o programa S4D - Strategy for Disruption e veja o inédito Planejamento Estratégico 4D StartSe, único no mundo e capaz de gerar Poder Competitivo e Adaptativo Real para seu negócio.


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

Jornalista formada pela Faculdade Cásper Líbero. Apresenta o podcast Agora em 10 na StartSe e também atua na área de Comunidades na empresa. É especialista em inovação, tecnologia e negócios.

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo