Sobre NósPara Você
Para EmpresasConteúdos
Eventos
Game Changers

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Eventos

Jornadas de conhecimento fomentando o aprendizado dinâmico e inovador em diversos formatos e intensidades

Ver todos

Ainda não temos eventos programados. Mas estamos preparando encontros repletos de inovação para você!

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Artigos
Inovação

Da Pixar aos drones: 5 lições de inovação do Vale do Silício

O primeiro dia do SVWC, Festival de Inovação e Empreendedorismo da StartSe, contou com criadores e executores do Silicon Valley. Veja os melhores momentos e aprenda como construir produtos disruptivos.

Da Pixar aos drones: 5 lições de inovação do Vale do Silício

Drone da Matternet (Foto: divulgação Matternet)

8 min

19 out 2021

Atualizado: 30 nov 2022

Por Sabrina Bezerra

Assistente virtual, drone, robô financeiro. Essas são algumas das tendências do agora que surgiram no Vale do Silício — referência mundial de inovação, tecnologia e startups bilionárias — e estão impactando pessoas em todo o mundo.

Em um bate-papo na segunda-feira (18/10), durante o SVWC — Festival de Inovação e Empreendedorismo da StartSe —, que teve a temática Silicon Valley, criadores e executores contaram os segredos da criação de produtos inovadores de sucesso.

Você perdeu? Confira abaixo 5 momentos em forma de pílula de conteúdo sobre o que rolou em alguns painéis.

1 - COMO COLOCAR A INOVAÇÃO NA SUA ROTINA DIÁRIA

Palestrante: Maurício Benvenutti, sócio da StartSe

Maurício Benvenutti trouxe algumas dicas de Steve Blank, empreendedor em série do Vale do Silício. “Black apresentou a ferramenta ‘Três Horizontes’, da McKinsey. É uma espécie de metodologia que muitas empresas do mundo usam para colocar a rotina diária de inovação”, conta Benvenutti. Confira um resumo:

- Reserve 70% do seu tempo para investir no hoje. “Esse é o seu horizonte de até 3 anos”, explica Benvenutti. 

- Separe 20% de sua energia para o horizonte de 5 anos. Neste caso, trata-se de uma nova tecnologia que surgiu e que você deve aplicar no seu produto atual. “Assim, você torna a experiência do usuário melhor”, conta o executivo. 

- Por último, invista 10% de seu tempo no horizonte de 10 anos. “É o extremo do seu negócio. Você vai precisar matar parte do que você faz hoje para construir o que você vai ser amanhã.”

COMO COLOCAR A INOVAÇÃO NA SUA ROTINA DIÁRIA

2 - DICAS PARA FAZER O SEU NEGÓCIO CRESCER 

Palestrante: Chris Yeh, investidor e mentor renomado do Vale do Silício. Junto com Reid Hoffman, escreveu a obra best-seller Blitzscaling, considerada uma bíblia de crescimento de negócios no Vale do Silício 

Durante a palestra, Yeh trouxe várias dicas para os empreendedores. Mas o que significa blitzscaling? De forma bem resumida, trata-se de um conceito que ajuda a empresa a crescer em um ritmo acelerado. “É a busca de crescimento rápido priorizando velocidade sobre eficiência em face da incerteza”, explica ele. 

“A maioria de nós quer crescer, mas priorizar a velocidade sobre a eficiência, a frente da incerteza, é desconfortável”.

Yeh citou o caso do WeWork, que há alguns anos priorizou velocidade sobre eficiência. A empresa cresceu e as perdas também. “Quando se faz blitzscaling tem muito risco envolvido e você tem que ter as condições de mercado correta para que isso faça sentido. Precisa ter um mercado grande para que seja sustentável, margem bruta e escalar a organização e operação para a empresa começar a crescer e ganhar muito dinheiro”, diz ele.

Seta neon para cima (foto: Montagem - Ussama Azam/Unsplash)

3 - O QUE É UMA IDEIA INOVADORA?

Palestrante: Paola Santana, CEO e Fundadora Social Glass, Mentora no Google for Startups e no Lab de Empreendedorismo Social de Stanford

Paola foi uma das fundadoras da Matternet, empresa do Vale do Silício pioneira em redes de logística de drones. À época, o drone era coisa de filme de ficção científica, mas a empreendedora junto com o time mostrou que não. Ao contrário. Era uma realidade que tinha vindo para ficar. Para você ter uma ideia, a inovação chegou no varejo brasileiro. Empresas como Avon, iFood e Natura já usam o equipamento para fazer entregas.

Durante o SVWC, ela contou sobre a importância em criar ideias inovadoras. Para isso, trouxe o conceito moonshot. “É uma ideia inovadora, difícil, complicada. Geralmente a implementação não é muito clara, com chances desconhecidas de sucesso”, diz ela. 

Mas se o moonshot é tão imprevisível, por que usá-lo? “A dádiva do moonshot é que essas ideias são maiores do que nós mesmos. Logo, quando decidimos transformar as ideias em realidade nós crescemos com ela e fazemos coisas que não achávamos que seria possível”, completa.

Drone da Matternet (Foto: divulgação Matternet)

4 - COMO CRIAR UM PRODUTO DE SUCESSO

Tom Gruber, palestrante: co-criador da Siri, cientista, inventor e empresário

Gruber foi co-fundador da startup Siri Inc. Mas você sabia que os fundadores da Siri não inventaram a ideia de assistente virtual? “Nós fizemos algo mais importante: nós criamos uma startup que deu vida a ela. Os fundadores se inspiraram em um vídeo criado pela Apple 20 anos antes”, conta o empreendedor.

Então, usaram as inovações existentes no mercado e criaram a Siri. Mas se a inspiração foi um vídeo da Apple, por que a gigante da tecnologia a comprou depois? “A gente tinha visão clara do produto", afirma ele. O segredo não foi criar o produto do zero, mas adaptá-lo para o que seria bom para o mercado. “Foi uma questão de juntar todas as peças." 

Dica: “o primeiro fator de sucesso é identificar uma necessidade humana genuína”, aconselha Gruber.

Quer saber mais sobre essa história? Clique aqui!

Apple Siri (foto: Omid Armin/Unsplash)

5 - COMO SAIR DO FRACASSO E ALCANÇAR O SUCESSO

Palestrante: Lawrence Levy, foi CFO & Board da Pixar e autor do livro To Pixar and Beyond: My Unlikely Journey with Steve Jobs to Make Entertainment History

Levy recebeu uma ligação de Steve Jobs para ajudar a tirar a Pixar do fracasso. Ele topou. “Desenvolvi e coloquei em prática a estratégia que transformaria a Pixar de uma empresa ‘fracassada’ em um estúdio de entretenimento multibilionário”, conta ele.

Pixar (Foto Unsplash)

Thumbnail do vídeo

Alguns pilares da estratégia foram: 

– Foco

“À época, a gente não tinha recurso para investir em plano b. E eu acredito que a derrocada vem porque as empresas tentam fazer coisas demais. Basta acreditar e focar na ideia principal”, diz o executivo.

– Cultura organizacional

Segundo ele, a cultura da empresa é outra fórmula para alcançar o sucesso. “Na Pixar, a colaboração entre os times se tornou o herói da excelência". Além disso, “a gente passou a resolver problemas ouvindo as pessoas dos mais diversos cargos, e não apenas níveis de gerência”, completa. Levy disse que é mais inteligente focar nas pessoas com habilidades para resolver problemas do que focar em cargos executivos. “Na Pixar era necessário deixar o ego na porta e participar das reuniões com a cabeça aberta sem ficar na defensiva". 

Essas foram algumas das inúmeras dicas trazidas por Levy que ajudaram a Pixar a alcançar o sucesso. 


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

Jornalista especializada em carreira, empreendedorismo e inovação. Formada em jornalismo pela FMU e pós-graduada em marketing pelo Senac, atua na área de negócios há quatro anos. Passou por veículos como Pequenas Empresas e Grandes Negócios e Época NEGÓCIOS.

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo