Sobre NósPara Você
Para EmpresasConteúdos
Eventos
Game Changers

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Eventos

Jornadas de conhecimento fomentando o aprendizado dinâmico e inovador em diversos formatos e intensidades

Ver todos

Ainda não temos eventos programados. Mas estamos preparando encontros repletos de inovação para você!

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Artigos
Transformação Digital

Dados: o que podemos aprender com o caso do iFood?

Entenda a mudança momentânea dos nomes nos restaurantes cadastrados no app do iFood

Dados: o que podemos aprender com o caso do iFood?

movile-dona-do-ifood-recebe-r-usdollar-1-bilhao-em-investimentos

Por Tainá Freitas e Sabrina Bezerra

Na última semana, o nome de diversos restaurantes cadastrados no iFood foi alterado. Os novos dados cadastrais tinham cunho político e, no momento, os usuários temeram que o aplicativo estivesse sofrendo um ataque hacker.

Em nota, a foodtech explicou o acontecido: o incidente foi causado através da conta de um funcionário terceirizado de uma empresa prestadora de serviço, que tinha permissão para alteração de dados cadastrais. A estimativa é que a mudança tenha acometido 6% dos restaurantes.

De acordo com a startup, não houve ataque hacker. No entanto, o acontecido acende uma discussão sobre a segurança dos dados dos usuários – algo que hoje é regido pela Lei Geral de Proteção de Dados.

 

ENTENDA O QUE ACONTECEU COM O IFOOD – E COMO AS EMPRESAS DEVEM MANTER DADOS SEGUROS:

Thumbnail do vídeo

POR QUE A SEGURANÇA DOS DADOS É IMPORTANTE?

Porque esta ainda é uma grande deficiência no ecossistema digital brasileiro. No segundo trimestre de 2021, o Brasil registrou cerca de 465,5 milhões de registros vazados, de acordo com o Relatório de Vazamento de Dados no Brasil, elaborado pela Axur.

 

Confira também:


Assuntos relacionados

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo