Sobre Nós
Para Você

NOVO

Para Empresas
Conteúdos
Eventos
Game Changers
Tools
NOVO

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Tools

NOVO

As ferramentas de inteligência artificial desenhadas para o seu negócio

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Aprovado! União Europeia proíbe a venda de veículos a combustão a partir de 2035

A notícia deve acelerar a transição das montadoras e combater mudanças climáticas

Aprovado! União Europeia proíbe a venda de veículos a combustão a partir de 2035

Carro elétrico carregando (Fonte: Getty Images)

, Repórter

5 min

2 nov 2022

Atualizado: 16 nov 2022

Agora é pra valer! Após longas discussões durante esse ano... A venda de carros novos com motores a combustão está proibida na União Europeia a partir de 2035. O objetivo? Acelerar a transição do continente para veículos elétricos e combater as mudanças climáticas. 

E não para por aí. A nova regra também inclui um corte de 55% das emissões de gás carbônico de carros novos vendidos a partir de 2030 - uma meta muito mais agressiva que a atual, que é de 37,5% na UE. Isso significa que as montadoras deverão se adaptar o quanto antes! 

Vale ressaltar, entretanto, que além dos veículos elétricos, a comercialização de novos carros que usem combustíveis neutros em carbono também será permitida. 

"Este acordo é uma boa notícia para os motoristas... Carros de emissão zero se tornarão mais baratos e acessíveis a todos", segundo o principal negociador do Parlamento, Jan Huitema.

O QUE MUDA NA INDÚSTRIA AUTOMOBILÍSTICA EUROPEIA?


O setor afirma estar "pronto para encarar o desafio”, mas solicitou à UE que crie algumas condições para o cumprimento dessa meta. Uma delas é a construção de uma rede de pontos de recarga elétrica. 

Algo está bem claro: as montadoras deverão acelerar ainda mais a eletrificação e a produção de veículos que utilizem combustíveis neutros - e a tendência é que muitos países sigam os mesmos passos que o continente por conta das exportações.

E O BRASIL?

Frente ao cenário mundial e europeu, o Brasil ainda está longe do nível de popularidade dos carros de emissão zero, mas, a direção natural, é que o país caminhe para uma aceleração da adoção desse tipo de veículo nos próximos anos. 

Inclusive, a rapidez como esse mercado cresce por aqui já impressiona a indústria. Segundo a pesquisa da General Motors, a estimativa é que, em 2035, o país terá 5,5 milhões de carros elétricos em circulação. 

POR QUE IMPORTA?

A preocupação com o meio ambiente e o medo da escassez de petróleo têm feito governos, montadoras e pesquisadores do mundo todo buscarem alternativas aos motores movidos à combustão - e a iniciativa da UE torna o assunto ainda mais global. 

Além disso, uma mudança em algo tão essencial no cotidiano das pessoas acaba sendo um incentivo importante para a descarbonização de outras atividades… Fora a eletrificação dos carros, qual o próximo grande passo que podemos dar para minimizar as mudanças climáticas?


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

Jornalista. Possui experiência no mercado financeiro, social media e customer experience. Passou pela XP Inc.

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo