Sou Aluno
Formações
Imersões
Eventos
Tools
Artigos
Sobre Nós
Para Empresas

Mais caro, botão de ação e USB-C: o que esperar do iPhone 15

Nova edição do aparelho pode custar 20% mais do que o iPhone 14 Pro, lançado em 2022

Mais caro, botão de ação e USB-C: o que esperar do iPhone 15

os-novos-iphones-14-pro-e-pro-max (Foto: Apple/Divulgação).

, jornalista

3 min

18 ago 2023

Atualizado: 18 ago 2023

newsletter

Start Seu dia:
A Newsletter do AGORA!

Mais caro? O iPhone 15 pode custar 20% mais do que o iPhone 14 Pro, lançado em 2022.
 

  • O burburinho de que a Apple aumentaria o preço do aparelho faz sentido porque é uma forma de tentar aumentar a receita do negócio.

Perceba que interessante: o racional vai ao encontro do dado de que apenas 25% dos atuais usuários da marca não atualizam seus smartphones há três e cinco anos.
 

  • Assim, é esperado que os cerca de 250 milhões de aparelhos sejam trocados pelo iPhone 15, já que estão há mais de 4 anos com o mesmo aparelho. Sacou?
     

O que seria uma estratégia para driblar o último resultado em que marcou queda nas vendas de iPhone, totalizando US$ 39,6 bilhões, uma queda de 2,3% na comparação anual e abaixo do esperado pelo mercado.


Quando será lançado o iPhone 15?

A expectativa é seguir a tradição e lançar em setembro, como em todos os anos. 

Porém, poderia atrasar para outubro por motivos de atraso ocasionados pela escassez global de chips, problemas na cadeia de suprimentos e o conflito na Ucrânia, segundo um relatório do The Wall Street Journal. 

Botão de ação

Haverá possivelmente um novo botão de ação que será reprogramável pelo usuário para usar itens como câmera ou lanterna. 

USB-C

A Apple se prepara para oferecer no iPhone 15 a conexão USB-C. Mas há um porém. No início deste ano, a União Europeia decidiu que a Apple teria que abandonar o iPhone com Lightning.

Por que importa?

Observe: a Apple pretende aumentar o preço do produto em um momento onde possivelmente as pessoas vão trocar o modelo do iPhone mais antigo por um novo – já que foi identificado que um ciclo de clientes ficam, em média, 4 anos com o aparelho. Consequentemente, mais receita para o caixa.
 

LEITURA RECOMENDADA

Você também pode e deve encontrar oportunidades para aumentar a receita por meio da análise de dados interna. Confira como aqui!

Gostou deste conteúdo? Deixa que a gente te avisa quando surgirem assuntos relacionados!


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

Sabrina Bezerra é jornalista especializada em carreira e empreendedorismo. Tem experiência há mais de cinco anos em Nova Economia. Passou por veículos como Pequenas Empresas e Grandes Negócios e Época NEGÓCIOS.

Leia o próximo artigo

newsletter

Start Seu dia:
A Newsletter do AGORA!