Sobre Nós
Para Você

NOVO

Para Empresas
Conteúdos
Eventos
Game Changers
Tools
NOVO

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Tools

NOVO

As ferramentas de inteligência artificial desenhadas para o seu negócio

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Que estratégias a Netflix irá adotar para vencer a Fadiga do Streaming?

A Disney+ pode passar a Netflix e se tornar o maior serviço de streaming do mundo nos próximos anos, se a Netflix não vencer a Fadiga do Streaming

Que estratégias a Netflix irá adotar para vencer a Fadiga do Streaming?

Foto: Glenn Cartsers-Peters

, Produção de Conteúdo

3 min

21 jul 2022

Atualizado: 4 jan 2023

texto por Junior Borneli, originalmente publicado no LinkedIn

Foi ruim, mas foi bom.

Essa foi a leitura que o mercado fez dos resultados do segundo trimestre deste ano, divulgados pela Netflix. A expectativa era de uma perda de 2 milhões de assinantes. Ficou na metade, 1 milhão.

A empresa também teve um lucro maior do que o esperado e deu mais detalhes sobre seu plano de inserir publicidade na sua grade de conteúdo. Isso será feito com a ajuda da Microsoft.

O grande desafio para a Netflix, agora, é o que o mercado tem chamado de "Fadiga do Streaming". Muitos serviços foram lançados e muita gente assinou muita coisa.
 

TV com logo da Netflix (foto: Thibault Penin/Unsplash)

Fato é que a estimativa é de que 150 milhões de pessoas cancelem alguma assinatura de streaming ainda neste ano. E que, da base total de assinantes, 30% troque de serviço.

Essa "dança das cadeiras" tem 50% de chances de ser boa ou ruim para a Netflix. Como o preço de praticamente todos os serviços de streaming subiu, haverá um processo de seleção natural.

Fato é que os concorrentes da Netflix seguem acelerando. O Prime Video & Amazon Studios já tem 175 milhões de assinantes e a Disney+ tem 137 milhões.

Pelas curvas de crescimento, segundo o Statista, em 2026 a Disney+ vai ultrapassar a Netflix, consolidando-se como o maior serviço de streaming do mundo.

Será?

VEJA TAMBÉM:


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

Produtora de conteúdo na StartSe, roteirista e organizadora do Podcast Organizações Infinitas.

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo