Sobre Nós
Para Você

NOVO

Para Empresas
Conteúdos
Eventos
Game Changers
Tools
NOVO

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Tools

NOVO

As ferramentas de inteligência artificial desenhadas para o seu negócio

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Como essa fintech atingiu 1,3 milhão de contas em menos de seis meses

Banco, fruto de uma parceria de Carlinhos Maia com a Raketo, de Fred Santoro, já tem cerca de 1,3 milhão de contas ativas

Como essa fintech atingiu 1,3 milhão de contas em menos de seis meses

Girabank (Fonte: divulgação)

, conteúdo exclusivo

5 min

20 dez 2022

Atualizado: 4 jan 2023

 O Girabank, banco digital que tem como um dos principais investidores o empresário e influencer Carlinhos Maia, foi lançado em junho deste ano. Em menos de seis meses, atingiu 1,3 milhão de contas ativas e tem mais 1,08 milhão em processamento. Agora quer escalar e monetizar a base com produtos financeiros e não financeiros.

Para crescer, a empresa abre hoje (15) uma captação de R$ 10 milhões em troca de uma participação de 2,55% no negócio. A oferta pública estará disponível na Divi-hub, plataforma de crowfunding de investimento com foco em economia criativa. O projeto é fruto de uma parceria com a Raketo, a ‘venture market’ lançada em agosto por Fred Santoro (ex-AWS).

“A captação tem como objetivo fortalecer o time de profissionais e dar continuidade no crescimento. A meta de sermos mais um unicórnio brasileiro é factível”, diz Pedro Marrey Sanchez, sócio-fundador do Girabank. O investimento será destinado para frentes como marketing, tecnologia e operações.Além de Carlinhos, ao lado dele no projeto estão Miguel Teixeira (fundador do Grupo Concept Franchising) e Luiz Guzman (empresário na área de franchising, startup e food service).

Em um mercado extremamente competitivo entre bancos digitais, o Girabank aposta no alcance de Carlinhos. O influencer tem mais de 26 milhões de seguidores, os “girassóis”, no Instagram. Tamanho poder de engajamento deve garantir a estratégia de retenção de clientes de A a E — pelo menos, enquanto o influencer estiver em evidência.

O influenciador digital é um dos principais investidores do Girabank. Além dele, estão no captable a Prudentte, fintech que oferece banking as a service (BaaS), além de outros perfis de investidores.

O plano da fintech é ser uma plataforma bancária completa, e diversos produtos estão no roadmap dos próximos meses, incluindo cartão de crédito pós-pago, adquirência, criptomoedas, empréstimos com garantia do FGTS, entre outros. Hoje, o Girabank oferece conta digital para pessoas físicas e, em janeiro, vai lançar a modalidade PJ, revela Pedro.


“Também temos nossa própria plataforma de celular (Giracell) e linhas de crédito pessoal e microcrédito, além do Giraclub [o clube de benefícios do banco digital], que oferece seguro funeral e de acidentes pessoais, além de prêmios semanais por R$ 9,90 mensais”, conta o executivo, que também lidera a Parcelamos Tudo.

Aliás, será esta fintech a parceira para a criação da maquininha do Girabank, com previsão de lançamento ainda no primeiro trimestre do ano que vem. “Estamos fechando parceria para o consignado, clube de benefícios (desconto e cashback), telemedicina e cursos de educação financeira”, adianta Pedro.

Na retaguarda, o Girabank tem parceria com sua investidora Prudentte, e com o Bankly, do Grupo Méliuz — que roda a infraestrutura tecnológica do banco digital. O cartão é da bandeira Mastercard. E o chip de celular Giracell é operado em conjunto com a Surf Telecom.

Na página da captação, no Divi-hub, a empresa cita, ainda, que já recebeu 148 mil solicitações de cartão de crédito e mais de 730 mil pedidos de crédito até o momento. Além disso, o Giraclub soma 12,9 mil usuários. “Vamos entregar, a partir de janeiro, aproximadamente 1 milhão de cartões pós-pagos Mastercard”, diz Pedro.

MERCADO

Girabank persegue um objetivo sobre o qual dez em cada dez bancos digitais e fintechs estão debruçados: monetização da base de clientes. Diversos players vêm criando marketplaces e adicionando seguros e outros produtos para aumentar as linhas de receita e ampliar a recorrência.

Ainda que o cenário seja mais competitivo, o que deve se intensificar com o Open Finance, a oportunidade também é grande. Levantamento feito em parceria entre Brink’s e Fundação Dom Cabral aponta que 38,5% da população adulta brasileira não tem conta bancária.


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

O mais conceituado portal sobre startups do Brasil. Veja mais em www.startups.com.br.

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo