Sou Aluno
Formações
Imersões
Eventos
Tools
Artigos
Sobre Nós
Para Empresas

Cristina Junqueira é a diretora-presidente do Nubank Brasil

David Vélez, fundador do banco, passa a assumir a liderança global da companhia. A movimentação é um sinal do processo de internacionalização da fintech -- e traz um marco importante para a pauta diversidade de gênero. Entenda.

Cristina Junqueira é a diretora-presidente do Nubank Brasil

Cristina Junqueira, cofundadora do Nubank (Foto: divulgação blog Nubank)

, jornalista

4 min

2 abr 2021

Atualizado: 16 jun 2023

newsletter

Start Seu dia:
A Newsletter do AGORA!

Por Sabrina Bezerra

Cristina Junqueira, cofundadora do Nubank, passou a comandar a operação do banco digital no Brasil. David Vélez, fundador da fintech, assume a liderança global da companhia. O movimento foi feito sem barulho. O banco digital não havia anunciado publicamente. No entanto, no balanço de 2020 do Nubank, consta a seguinte informação:

"No dia 19 de fevereiro de 2021, a Companhia reconheceu em Assembleia Geral Extraordinária a renúncia do diretor presidente, Sr. David Vélez Osorno, conforme carta apresentada, sendo conduzida ao cargo de Diretora Presidente a Sra. Cristina Helena Zingaretti Junqueira com efeitos imediatos a partir desta data." 

O banco foi questionado sobre a mudança pela StartSe, e disse em nota:

Nubank informa que fez uma reorganização na sua estrutura no Brasil. David Vélez continua sendo o CEO global (Chief Executive Officer) e Cristina Junqueira, cofundadora da empresa, passa a ser a diretora-presidente da operação no Brasil. A mudança é um passo natural para organizar a governança e apoiar a expansão internacional do Grupo.

Cristina Junqueira, cofundadora do Nubank (Foto: Divulgação blog Nubank)

NUBANK 

A fintech está entre as dez startups mais valiosas do mundo — com valor de mercado de US$ 25 bilhões. Em março deste ano, o banco chegou a atingir a marca de 35 milhões de clientes, aumento de 50% em comparação com março de 2020. No ano passado, a empresa fechou o ano com cerca de R$ 29,6 bilhões depositados pelos clientes, valor 100% maior do que o registrado em 2019.

A mudança de cadeira de Cristina e David é um sinal de que a internacionalização da empresa, que começou em 2019 — quando a fintech abriu escritório no México — está a todo vapor.

MULHERES NA LIDERANÇA

Com o cargo de CEO da fintech no Brasil, Cristina traz um marco importante para a pauta diversidade de gênero. Pois, embora a presença de mulheres em cargos de liderança tenha aumentado nos últimos anos, quando o assunto é assumir a presidência da empresa, o percentual ainda é baixo. Segundo a pesquisa Panorama da Mulher 2019, realizada pelo Grupo Talenses, consultoria especializada em recrutamento e seleção, em parceria com o Insper, apenas 13% das empresas têm mulheres sob o comando da companhia no Brasil. 

De acordo com o estudo, a maior barreira para a equidade de gênero está no cargo de presidência. "A probabilidade de uma mulher ser presidente é 50% menor do que liderar como diretora e 60% menor do que ocupar cargo de vice-presidente.” 

Quer entender mais sobre gestão e liderança? Assista à aula gratuita sobre o assunto. 

Reunimos as principais personalidades femininas que estão conduzindo transformações e gerando impacto real na sociedade para convocar, inspirar, capacitar e apoiar outras mulheres. Tudo isso em um evento com transmissão ao vivo exclusiva para inscritas, no dia 26 de agosto, a partir das 17 horas.

Gostou deste conteúdo? Deixa que a gente te avisa quando surgirem assuntos relacionados!


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

Sabrina Bezerra é jornalista especializada em carreira e empreendedorismo. Tem experiência há mais de cinco anos em Nova Economia. Passou por veículos como Pequenas Empresas e Grandes Negócios e Época NEGÓCIOS.

Leia o próximo artigo

newsletter

Start Seu dia:
A Newsletter do AGORA!