Sobre Nós
Para Você

NOVO

Para Empresas
Conteúdos
Eventos
Game Changers
Tools
NOVO

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Tools

NOVO

As ferramentas de inteligência artificial desenhadas para o seu negócio

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Conheça os benefícios oferecidos pelas empresas desejadas

Aliando o bem estar do funcionário ao aumento da produtividade da companhia, líderes buscam por soluções inovadoras para motivar e satisfazer seus times.

Conheça os benefícios oferecidos pelas empresas desejadas

Sede da Netflix (foto: divulgação)

Um oferecimento

Por Emily Nery

Google, Microsoft, Facebook e Apple são algumas das empresas famosas por oferecerem uma série de benefícios disruptivos aos colaboradores, como uma forma de reter talentos e mantê-los constantemente motivados. Mas essa já não é uma realidade exclusiva às grandes companhias de tecnologia do Vale do Silício. Mesmo no Brasil, empresas grandes e pequenas já passaram a enxergar o bem-estar como um fator importantíssimo no dia a dia do escritório. 

O investimento em uma sólida, moderna e colaborativa cultura organizacional traz bons frutos tanto para o contratante, quanto para o contratado. Segundo o estudo “Linking Workplace Best Practices and Organizational Financial Performance”, publicado em 2020 pelo Journal of Occupational and Environmental Medicine, nos Estados Unidos, as companhias que apostam no bem-estar dos trabalhadores conseguem ser até 235% mais eficientes.

NOVAS GERAÇÕES PROCURAM POR INSTITUIÇÕES ENGAJADAS 

Sede do LinkedIn em São Paulo (foto: divulgação)

No lado dos colaboradores, os Millennials e a geração Z buscam por algo a mais do que uma vaga de trabalho. Eles visam integrar um local engajado com questões sociais, meio ambiente e a diversidade. Além disso, procuram por postos de trabalho em que possam ser ouvidos e consigam crescer dentro da empresa. E claro, as novas gerações são atraídas por ambientes descolados e que foquem no seu bem-estar. 

É isso que revela uma pesquisa anual da Deloitte sobre a Geração Z e os Millennials (nascidos entre 1983 e 2003): nos últimos anos de estudo, as novas gerações mostraram um maior interesse em trabalhar para marcas que possuem um propósito além do lucro e que compartilham dos mesmo valores que os seus funcionários. Estar alinhados à cultura organizacional é uma forma de se sentirem mais capacitados para fazer a diferença como parte da organização. 

Um dos pontos alarmantes desta pesquisa foi o estresse pelo trabalho. Cerca de 33% dos entrevistados afirmaram que precisaram tirar uma licença de seus afazeres por estresse e ansiedade. Além disso, 4 em cada 10 jovens acreditam que seus gestores não tomaram medidas de apoio à sua saúde mental durante a pandemia. 

DIMINUIÇÃO DA JORNADA DE TRABALHO

Sede da Netflix em Los Angeles (foto: divulgação)

Para buscar soluções para esses preocupantes dados, algumas empresas no Brasil focam no descanso e na flexibilidade dos horários do funcionário. Como exemplo, a marca de serviços financeiros Losango reduziu para seis horas a carga horária diária de seus colaboradores. Nas sextas-feiras de verão, adota a “Short Friday”, na qual o expediente termina mais cedo para os colaboradores aproveitarem os dias mais longos. Aos que precisam de um momento de silêncio para respirar, podem dar um respiro na Sala de Meditação, na Área de Descanso ou relaxar em uma das cadeiras massageadoras. 

Disponível 24 horas, o LIG Viva Bem é um serviço que oferece suporte psicológico, nutricional, jurídico, social e até físico tanto para o empregado quanto para sua família

Engana-se quem pensa que somente grandes corporações podem cuidar do bem estar do funcionário com ideias disruptivas. Desde 2018, quando foi fundada, a startup Crawly adotou a jornada de trabalho de quatro dias semanais. Entre os resultados imediatos, o CEO da marca, João Drummond, afirmou em entrevista à Você S/A que sentiu uma melhora na produtividade, bem como uma diminuição da rotatividade. Para os funcionários, houve um ganho na qualidade de vida. 

NETFLIX: FÉRIAS “ILIMITADAS” E AÇÕES

Além de usufruírem de horários flexíveis de trabalho, empregados da Netflix têm o chamado  PTO (paid time off). Nesta modalidade, o colaborador decide quantas vezes e por quantos dias do ano vai tirar férias. Essa filosofia defende que o próprio trabalhador possa reconhecer sua produtividade e a falta dela. Contudo, é necessário ter responsabilidade para que a quantidade de férias não prejudique o fluxo de trabalho. 

Pensando no investimento pessoal de sua equipe, a gigante do streaming também permite que cada um escolha a quantidade de remuneração que será destinada ao salário ou revertida em ações. A Netflix reconhece que a autonomia e a liberdade são dois dos pilares de sua cultura organizacional.

AMBIENTE DESCOLADO

Piscina de bolinhas na sede do Nubank em São Paulo (foto: divulgação)

Um dos principais pontos que grandes empresas de tecnologia e varejo pensam ao reformar ou até construir um escritório é como criar um local que traduza os seus valores e que seja inspirador e saudável para seus colaboradores. 

A Nubank, por exemplo, transformou sua matriz, em São Paulo. Adicionou salas e até quadras voltadas ao entretenimento da equipe. Dentro do edifício de oito andares, há uma piscina de bolinhas, mesa de sinuca, ping-pong e até vídeo game.

Procurando oferecer entretenimento a um time multifacetado, a Nubank possui uma biblioteca, uma sala Zen para meditação, um espaço no terraço para apreciação da vista, além de uma quadra society para prática de esportes. Eles também são adeptos do modelo open-office, com mesas compartilhadas e um conceito aberto de trabalho - a marca defende que tal arquitetura beneficia a criatividade e dinâmicas de co-criação e manifesta a transparência do banco e sua estrutura organizacional horizontal.

Biblioteca no escritório do Nubank (foto: divulgação)

MATERNIDADE E AMBIENTE CORPORATIVO COMBINAM, SIM 

Embora o mercado de trabalho ainda seja duro com a maternidade - segundo o IBGE, cerca de 54,6% das mães de 25 a 49 anos cujos filhos têm até três anos estão empregadas - algumas corporações trabalham para contornar o problema. Nos headquarters do Nubank em São Paulo, por exemplo, há uma sala reservada para mães que ainda estão em período de lactação. Assim, o Espaço Feijão é exclusivo para mulheres amamentarem ou retirarem leite durante as horas de trabalho. 

Já a Natura, além de um espaço para amamentação, dispõe de um berçário e uma creche localizados junto ao escritório em Cajamar (SP)

, onde ensinam aos pequenos sobre sustentabilidade na prática, conceito base da marca. Além disso, os pais podem acompanhar de perto o desenvolvimento da criança. Em busca da equidade parental, a licença paternidade é de 40 dias. 

Além de um auxílio que pode chegar aos US$ 3 mil para cobrir despesas como creches ou babás, o Facebook ampara financeiramente seus funcionários que querem entrar no processo de adoção, que pode ser caro e burocrático. Desse modo, a empresa de Mark Zuckerberg fornece até US$ 4 mil como ajuda de custo

Agora, as pessoas que buscam gerar um filho também podem ter um auxílio da própria companhia, como é o caso do LinkedIn. A rede social de negócios reembolsa em até R$ 22 mil por tentativa de fertilização. Essa quantia pode cobrir remédios, exames, tratamentos e a própria inseminação. Inclusive, esse valor reembolsado é compatível com o mercado - de acordo com a Sociedade de Reprodução Brasileira Assistida, cada procedimento de inseminação varia entre R$ 15 mil a R$ 25 mil. 

Já para as funcionárias do Mercado Livre que optam por engravidar mais tardiamente, a companhia de e-commerce paga 70% do procedimento para congelamento de óvulos. Para isso, as colaboradoras precisam ter mais do que 33 anos e estarem na empresa há mais de um ano. Ambas as iniciativas visam mostrar às colaboradoras que, não importa sua escolha pessoal, a instituição dará o suporte necessário para que se sintam satisfeitas e no controle de suas carreiras.

 

Já pensou em todos os benefícios em um só cartão? Na Caju você pode! Saiba como você pode oferecer essa vantagem para seus colaboradores e ainda contar com o suporte de uma equipe especializada para escolher os benefícios certos para sua empresa. Visite nosso site.

Banner Caju Benefícios


Assuntos relacionados

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo