Sobre NósPara Você
Para EmpresasConteúdos
Eventos
Game Changers

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Eventos

Jornadas de conhecimento fomentando o aprendizado dinâmico e inovador em diversos formatos e intensidades

Ver todos

Ainda não temos eventos programados. Mas estamos preparando encontros repletos de inovação para você!

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Artigos
Carreira

Dicas para turbinar a sua carreira

Em tempos de demissões em massa é preciso desenvolver skills para se adaptar ao cenário econômico e continuar se destacando

Dicas para turbinar a sua carreira

Homem em reunião no escritório (foto: Tom Werner/Getty)

NaN min

9 ago 2022

Atualizado: 16 nov 2022

Por Ana Julia Guimarães 

Quem não fazer parte das grandes empresas, ter reconhecimento, desenvolver projetos e estar sempre por dentro das inovações do mercado? E, quem sabe, conseguir a tão sonhada sociedade? Algo que virou uma grande tendência na Nova Economia.

Oportunidades existem. A Innovation Intelligence, startup do Vale do Silício, por exemplo, abriu inscrições para seu primeiro processo seletivo para trainees em que os profissionais brasileiros têm a possibilidade de se tornarem sócios. Já imaginou, que legal?

Para conseguir isso, no entanto, é necessário que o seu potencial competitivo esteja muito alto. As organizações estão cada vez mais exigentes em relação aos seus colaboradores – ainda mais em um momento de demissões em massa, em que existe um sentimento negativo sobre uma possível recessão na economia e margens baixas de lucro.

As empresas estão procurando pessoas que, muito além de terem qualificação profissional, tenham um perfil empreendedor e saibam se comunicar com todas as áreas da empresa. É necessário ter boas qualidades no que se refere às habilidades de comportamento. 

Se você está procurando desenvolver não somente um currículo, mas competências que te tornem um funcionário essencial no mercado de trabalho, veja nossas 7 dicas abaixo.

Mulher apresentando um projeto na lousa branca. (Fonte: Getty Images)

Tenha iniciativa

Não espere que os projetos cheguem até você. Mostre sua capacidade de enxergar a empresa de uma forma diferente e saia da rotina. Se algo não está indo bem, por exemplo, tenha a coragem de iniciar um novo teste, mesmo que dê errado no final.

Isso mostra que você tem disposição a aprender algo novo e, além disso, pode se destacar pela criação de um novo formato. Afinal, inovar é sempre a chave para garantir espaço no mercado de trabalho, tanto para o profissional, quanto para as empresas.

Pessoas que possuem iniciativas fazem as coisas acontecerem, oferecem soluções aos problemas e são capazes de revolucionar os negócios. 

Aprimore sua comunicação

Sim, as habilidades operacionais de um profissional são sempre importantes, mas se ele não consegue explicar o que está fazendo e "vender" o seu projeto, de modo que mostre sua importância para a empresa, não adianta nada. 

Pode ser o melhor funcionário em seu cargo, se ele não conseguir se comunicar com o resto da empresa, seu potencial completo nunca será 100% alcançado. 

É necessário se expressar da forma correta, escrever corretamente e escolher as palavras certas ao ambiente – inclusive, aqui mostramos as melhores técnicas de oratória do Vale do Silício. Mas além disso, é preciso estar sempre atento à linguagem não verbal, ou seja, tudo que envolve sua postura, olhar confiante e gesticulação. Isso faz total diferença. 

Tenha perfil de líder

Característica mais valorizada no mercado de trabalho, sem dúvidas. Profissionais líderes conquistam rapidamente cargos mais altos e ganham reconhecimento profissional.

Mas vale lembrar que liderar é muito mais do que somente gerir uma equipe. A palavra tem a ver também com a sua capacidade de dar e receber feedbacks, inspirar os colaboradores da empresa com as próprias atitudes e estimular os melhores resultados, ajudando outros funcionários a desenvolverem seus talentos e potencialidades. 

Desenvolva inteligência emocional

Nem sempre tudo sai do jeito que pretendemos, não é mesmo? Portanto, é necessário saber lidar com os altos e baixos do dia a dia no trabalho. Você deve saber avaliar as suas atitudes, sempre exercendo autocrítica, mas nunca se depreciando por algo que poderia ter ido melhor. 

Completamente relacionado ao item 1 da nossa lista de dicas, é preciso arriscar e ter sabedoria para reconhecer e aprender se o resultado não for de acordo com o esperado. Isso pode evitar que você se sinta sobrecarregado e passe por crises de estresse e ansiedade. 

Profissionais com inteligência emocional conseguem lidar com os seus sentimentos e constroem um ambiente de trabalho mais equilibrado.  

Tenha responsabilidade

Não é legal esperar por alguém em uma reunião e ela não aparecer, não conseguir entregar um projeto por falta de organização de alguém, ou mesmo não conseguir alcançar as metas da área porque uma pessoa prejudicou a equipe inteira. Portanto, é extremamente importante estar presente, ser atento aos detalhes, fazer anotações e organizar o seu dia a dia. 

No home office, por exemplo, sabemos que existem distrações dentro de casa e precisamos encontrar saídas para manter o foco e cumprir com os seus compromissos. 

Veja 7 hábitos para manter o foco durante o home office.

Tenha pensamento crítico

Basicamente a capacidade de não somente escutar ou ler algo, e sim analisar, sintetizar e através das próprias experiências e conhecimento, expor novas provocações. 

O pensamento crítico te coloca fora da caixa para novas sugestões dentro do ambiente de trabalho. Algo indispensável para tornar a organização mais criativa e inovadora.

Nunca deixe de aprender

E por fim: nunca pare de buscar por conhecimento, mesmo que você já seja um destaque no que faz. Imagine que se você está bem, sempre há uma forma de melhorar ainda mais – e nada melhor que um livro, curso, aulas, podcasts ou mesmo séries para te ajudar. Além, claro, de fazer networking, participar de seminários e fazer especializações na sua área de atuação. 

O mercado está sempre inovando, portanto, é preciso treinar as habilidades do futuro. Mais do que diploma ou cursos realizados, eles dirão o quão interessado você é e muitas portas irão se abrir. Enfim, seja lifelong learner!


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

Jornalista. Possui experiência no mercado financeiro, social media e customer experience. Passou pela XP Inc.

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo