Sobre Nós
Para Você

NOVO

Para Empresas
Conteúdos
Eventos
Game Changers
Tools
NOVO

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Tools

NOVO

As ferramentas de inteligência artificial desenhadas para o seu negócio

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Com aporte de R$ 300 milhões, Cobasi se prepara para ser um ecossistema de serviços pet

Confira os próximos planos da varejista pet -- que vão desde formar ecossistema de serviços até o IPO

Com aporte de R$ 300 milhões, Cobasi se prepara para ser um ecossistema de serviços pet

, jornalista da StartSe

8 min

24 abr 2021

Atualizado: 23 jan 2023

Por Tainá Freitas

A Cobasi, varejista especialista em produtos pet, irá receber um aporte de R$ 300 milhões do fundo de investimentos Kinea Private Equity. O valor será usado para investir na contínua digitalização da companhia, abertura de novas lojas físicas e na criação de um ecossistema de serviços para animais.

Essa é a primeira vez que a Kinea investe em uma empresa do setor – e não é por acaso. De acordo com o relatório “E-Commerce no Brasil”, da Conversion, o mercado de produtos e serviços para animais experimentou o segundo maior aumento no e-commerce brasileiro entre fevereiro de 2020 e 2021. No ano passado, a Cobasi faturou mais de R$ 1,5 bilhão.

“O aporte está em linha com a nossa estratégia de aportar capital com foco no crescimento da companha. Ainda há muito espaço no mercado pet a ser consolidado; temos poucos players de grande porte”, afirma Camilo Ramos, sócio-diretor de Private Equity da Kinea, em entrevista à StartSe.

 

COMO A COBASI COMEÇOU?

Atuando há mais de 35 anos, a Cobasi nasceu como uma loja de produtos agropecuários. “Naquele momento, quase não existia ração para animais – empacotávamos carne com a produção agrícola, fazendo as primeiras rações extrusadas. Iniciamos já com essa ligação com o campo”, contou Ricardo Nassar, Diretor de Operações da companhia, em entrevista à StartSe.

Com o tempo, a empresa passou a focar em animais de pequeno porte. Foi na década de 90 que a empresa abriu sua primeira loja do tipo megastore, concentrando diversos produtos pets em grandes lojas, modelo que perpetua até o momento. Com o aporte recente da Kinea, Nassar afirma que a varejista passou a ser a companhia pet com o maior caixa para investimentos – e seus planos são inúmeros.

 

COMO A COBASI SE DIGITALIZOU?

Embora tenha o site desde 2008, a Cobasi passou a focar no digital apenas em 2018. A companhia realizou um acordo societário com a Omni55, consultoria que auxiliou a digitalização de empresas como a Loja Americanas. 

O movimento foi crucial para enfrentar a pandemia que veio alguns anos depois. Atualmente, de 22% a 23% da receita vem de canais digitais – de acordo com Nassar, o crescimento do e-commerce em 2020 foi na casa dos 3 dígitos.

A mudança de uma loja de agropecuária para o varejo omnichannel de produtos pets, como é a Cobasi hoje, não foi planejada, mas uma consequência da mudança da sociedade e varejo ao longo do tempo. 

Ao visitarmos o Vale do Silício com a StartSe, conhecemos diversas empresas e uma delas era de um cardiologista que tinha um propósito na medicina, mas conseguiu produzir carne de salmão em laboratório. Assim como ele, nós começamos com um propósito e hoje temos outro. Como estaremos em 10 anos?”, questiona o executivo.

 

O FUTURO (PRÓXIMO) DA COBASI: VERTICALIDADE E IPO

 

Além do investimento no digital e em lojas físicas, a Cobasi visa realizar aquisições e se tornar um ecossistema vertical de produtos pets. “Diferente dos super apps, em que dois ou três tentam abranger tudo e competir quem é o maior, planejamos criar um ecossistema vertical apenas de produtos pets”, explica Ricardo Nassar.

Atualmente, a companhia já conecta clientes com parceiros para consultas veterinárias, banho e tosa. Em breve, a expectativa é de incorporar também os serviços de adestradores, dogwalkers e petsitters.

Já olhando para o futuro do negócio, a expectativa é de realizar um IPO (primeira oferta pública de ações), embora não haja uma data definida. “Estamos começando uma história com a Cobasi e ainda há muito espaço para crescer. Queremos ir ao mercado quando tivermos o maior valor possível e fazer o maior IPO do mercado pet do Brasil”, afirma Camilo Ramos, sócio-diretor de Private Equity da Kinea, fundo de investimento que se tornou sócio da Cobasi.

Nas últimas décadas, o Vale do Silício transformou o mundo. A maioria das grandes inovações surgiu na região, e isso não aconteceu por acaso. A boa notícia é que esse modelo pode ser replicado em qualquer região do planeta. Conheça nosso programa Silicon Valley Learning Experience e veja de perto como as empresas do Vale fazem a gestão de seus negócios. Aprenda a cultura, metodologias e abordagens que ajudam no crescimento das maiores empresas do mundo.


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

Jornalista formada pela Faculdade Cásper Líbero. Apresenta o podcast Agora em 10 na StartSe e também atua na área de Comunidades na empresa. É especialista em inovação, tecnologia e negócios.

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo