Sobre Nós
Para Você
Para Empresas
Conteúdos

NOVO

Eventos
Comunidades
Tools
Parcerias

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Tools

As ferramentas de inteligência artificial desenhadas para o seu negócio

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Comunidades

Amplie seu networking, encontre parceiros de negócios e discuta as maiores tendências e inovações com a alta liderança do mercado


Capital latino movimenta US$ 5,4 bilhões no 1º semestre

Apesar de um ritmo mais lento no venture capital, o mercado latino vive o seu segundo ano mais forte já registrado

Capital latino movimenta US$ 5,4 bilhões no 1º semestre

Homem e uma mulher mexendo no tablet, atrás deles um mural com gráficos (Fonte: Getty Images)

Conteúdo exclusivo Startups 

A informação é do levantamento Latin American Startup Directory 2022 da Associação Latino-Americana de Private Equity & Venture Capital (LAVCA), divulgado hoje (16). Foram US$ 5,4 bilhões de investimentos injetados em 541 negócios no primeiro semestre de 2022.

O volume é inferior aos US$ 6,7 bilhões movimentados no ano passado, mas está bem acima do resultado de 2020, de apenas US$ 1,5 bilhão. Já o número de rodadas aumentou: a LAVCA havia registrado apenas 377 transações em 2021 e 230 no ano anterior. 

Segundo a pesquisa, o VC viu um ajuste significativo nos estágios mais avançados, principalmente a partir da série C. No entanto, o investimento semente e em estágio inicial permaneceu forte no acumulado do ano, com altas de 113% e 48%, respectivamente, em relação ao 1º semestre de 2021. Apesar do avanço, o tamanho médio dos cheques no estágio inicial diminui para US$ 7,5 milhões no segundo trimestre de 2022, contra uma alta histórica de US$ 12,7 milhões no quarto trimestre de 2021.

O estudo revela que, em tempos turbulentos, os fundos de VC estão optando por investir mais capital em fundadores mais experientes. No 1º semestre de 2022, fundadores repetidos levantaram 43% do montante investido na América Latina, um novo recorde para a região. Mais recordes foram quebrados no período: pela primeira vez, um terço dos aportes do continente foram para startups lideradas por mulheres.

Capital privado

A LAVCA também analisou o cenário dos investidores de capital privado no primeiro semestre do ano. “A atividade de capital privado na América Latina mostra sinais de resiliência em meio aos riscos crescentes da inflação, aumento da volatilidade e turbulência geopolítica global”, diz o relatório.

Investimentos privados somaram US$ 15,9 milhões na região de janeiro a junho, distribuídos em 636 transações. O volume é o suficiente para superar todos os investimentos da mesma categoria feitos no primeiro semestre de 2015 a 2021. No entando, a projeção é que o segundo semestre de 2022 não supere o de 2021, quando o ecossistema movimentou US$ 18,7 milhões.

Apesar da desaceleração, a LAVCA afirma que 2022 caminha para ser o segundo maior ano de investimento de capital privado na América Latina, impulsionado pelo aumento de negócios em infraestrutura digital, energia renovável, ativos em dificuldades e startups em estágio inicial.

Investidores de capital privado investiram mais de US$ 3,2 bilhões desde 2020 para expandir a capacidade de energia renovável da região além dos ativos hidrelétricos tradicionais, com US$ 1,3 bilhão investidos em energia renovável no primeiro semestre de 2022, incluindo novos projetos de energia solar fotovoltaica e parques eólicos (acima de US$ 616 milhões em todo o ano de 2021).

Gostou deste conteúdo? Deixa que a gente te avisa quando surgirem assuntos relacionados!


Assuntos relacionados

Leia o próximo artigo