Sou Aluno
Formações
Imersões
Eventos
Tools
Artigos
Sobre Nós
Para Empresas

Por que a Amazon vai investir US$ 230M em empresas de IA generativa?

Parte da grana será usada para financiar o 2º grupo do AWS Generative AI Accelerator, programa em parceria com a Nvidia

Por que a Amazon vai investir US$ 230M em empresas de IA generativa?

AWS vai investir US$ 230M em startups de IA generativa

, conteúdo exclusivo

7 min

13 jun 2024

Atualizado: 13 jun 2024

newsletter

Start Seu dia:
A Newsletter do AGORA!

A Amazon decidiu correr atrás do prejuízo e anunciou nesta quinta-feira (13) que a Amazon Web Services (AWS), seu braço de computação em nuvem, vai se comprometer a investir US$ 230 milhões para ajudar startups que tenham potencial de acelerar a criação de aplicações de IA generativa. Parte dos recursos serão usados para financiar o segundo grupo do AWS Generative AI Accelerator, um programa que fornece experiência prática e até US$ 1 milhão em créditos da AWS para 80 startups early stage que estão usando IA generativa para resolver problemas complexos.

As inscrições para o AWS Generative AI Accelerator já estão abertas e podem ser feitas até 19 de julho por meio do site do programa. Além da aceleração, os recursos também serão usados para oferecer créditos da AWS, mentoria e materiais educativos sobre inteligência artificial e tecnologias de machine learning para as startups.

As startups podem usar os créditos para acessar tecnologias de computação, armazenamento e banco de dados da companhia, bem como AWS Trainium e AWS Inferentia2, chips de IA com eficiência energética que oferecem alto desempenho pelo menor custo. Esses créditos também podem ser usados ​​no Amazon SageMaker, um serviço que ajuda as empresas a criar e treinar seus próprios modelos de base (FMs), bem como a acessar modelos e ferramentas para criar aplicativos generativos de IA de maneira fácil e segura por meio do Amazon Bedrock.

“Por mais de 18 anos, a AWS ajudou mais startups a construir, lançar e escalar seus negócios do que qualquer outro provedor de nuvem. Não é por acaso que 96% de todos os unicórnios de IA/ML rodam na AWS”, disse Matt Wood, vice-presidente de Produtos de Inteligência Artificial na companhia. “Com este novo esforço, ajudaremos as startups a lançar e expandir negócios de classe mundial, fornecendo os blocos de construção necessários para liberar novas aplicações de IA que impactarão todas as facetas de como o mundo aprende, se conecta e faz negócios”, completou.

Os gastos crescentes da Amazon em IA generativa ocorrem no momento em que a empresa busca alcançar os rivais gigantes da tecnologia na corrida por essa tecnologia, apontou o TechCrunch. Embora a companhia afirme que os seus vários negócios de IA generativa atingiram "múltiplos bilionários" em taxa de execução, o mercado considera que a empresa "perdeu o bonde" da IA generativa, diz o portal.

Um dos motivos para essa imagem negativa da Amazon foi a falha no lançamento do modelo de GenAI Bedrock, em sua conferência anual em novembro de 2022, de acordo com The Information. O lançamento teria sido adiado por problemas no funcionamento do modelo. A empresa também tem tido problemas para lançar a próxima geração da Alexa e repassou a oportunidades de apoiar duas startups líderes de IA, a Cohere e a Anthropic. Mais tarde, a empresa tentou investir na Cohere, mas foi rejeitada – e teve que se contentar com um co-investimento (embora grande, totalizando US$ 4 bilhões) na Anthropic com o principal rival Google.

Integração com a Nvidia

Na edição deste ano, a AWS Generative AI Accelerator vai buscar startups early stage que estão usando IA generativa para resolver desafios complexos em áreas como serviços financeiros, saúde e ciências biológicas, mídia e entretenimento, negócios e mudanças climáticas, entre outras. Os participantes terão acesso a sessões sobre melhoria de desempenho de machine learning, stack optimization e estratégias de entrada no mercado. O programa terá duração de 10 semanas e contará com mentorias. Além disso, as startups receberão até US$ 1 milhão cada em créditos da AWS para ajudá-las a construir, treinar, testar e lançar suas soluções generativas de IA.

Uma novidade é que, além da ajuda dos profissionais da Amazon, as startups selecionadas também terão acesso a especialistas da Nvidia e serão convidados a participar do programa Nvidia Inception, que oferece às empresas oportunidades de se conectarem com potenciais investidores e recursos adicionais de consultoria.

A AWS anunciará as startups selecionadas no dia 10 de setembro, e o programa começará em 1º de outubro com sessões presenciais no campus da Amazon em Seattle. Todas as 80 startups participantes serão convidadas a participar e apresentar suas soluções para potenciais investidores, clientes, parceiros e líderes da AWS em dezembro no evento re:Invent 2024 em Las Vegas.

Gostou deste conteúdo? Deixa que a gente te avisa quando surgirem assuntos relacionados!


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

O mais conceituado portal sobre startups do Brasil. Veja mais em www.startups.com.br.

Leia o próximo artigo

newsletter

Start Seu dia:
A Newsletter do AGORA!