Sou Aluno
Formações
Imersões
Eventos
Tools
Artigos
Sobre Nós
Para Empresas

Após FIDC, Asaas alcança R$ 1,25B em volume antecipado

Após FIDC, Asaas alcança R$ 1,25B em volume antecipado

Após FIDC, Asaas alcança R$ 1,25B em volume antecipado

, conteúdo exclusivo

4 min

4 jul 2024

Atualizado: 4 jul 2024

newsletter

Start Seu dia:
A Newsletter do AGORA!

O Asaas, fintech de conta digital para PMEs, anunciou com exclusividade ao Startups que alcançou o volume de R$ 1,25 bilhão em antecipação de recebíveis. O montante corresponde a metade da meta prevista para este ano, de R$ 2,5 bilhões. A conquista é resultado da captação de R$ 50 milhões em uma operação de FIDC realizada no ano passado, que tinha o objetivo de acelerar a antecipação de recebíveis de cartão de crédito.

De acordo com a empresa, 75% desse volume total corresponde a antecipações de recebíveis de cartão, enquanto 25% são relativos a boletos. A maior parte do volume acumulado, cerca de R$ 1,19 bilhão, foi direcionada a pessoas jurídicas. Pessoas físicas representam apenas 5% do total, com R$ 60 milhões. Empresas dos setores de educação e marketplaces foram as que mais contrataram essa modalidade de empréstimo.

Em entrevista ao Startups, João Possamai, CFO do Asaas, afirma que a receita proveniente das operações de antecipação de recebíveis corresponde a cerca de 10% da receita total da fintech. "Alcançar a marca de R$ 1,25 bilhão em volume de antecipação possibilita que essa linha de receita ganhe ainda mais representatividade dentro de nossa cesta de produtos, podendo chegar a 15% da receita total, impulsionando ainda mais o crescimento da companhia", explica.

O executivo destaca que, no futuro, a ideia é que os clientes do Asaas também possam, através de plataforma, controlar e antecipar os recebíveis que eles processam em outros bancos, melhorando seu fluxo de caixa e gestão financeira. Isso será feito por meio da CERC, uma infraestrutura de mercado financeiro especializada em recebíveis e nascida na nuvem.

"Para que isso funcione, a integração e colaboração entre diferentes adquirentes são essenciais para que o sistema funcione de maneira eficiente e sem interrupções", acrescenta João.

Segundo ele, a evolução do Open Finance traz uma série de benefícios e transformações para o mercado, permitindo maior transparência e acesso a dados. Isso impacta também o segmento de antecipação de recebíveis, já que permite uma avaliação de crédito mais ágil e precisa.

"Permite também uma melhor experiência do cliente, expandindo essa oferta para clientes que ainda não tinham acesso, além de promover maior segurança no compartilhamento de dados, sendo possível antecipar os recebíveis de nossos clientes transacionados em outras instituições com maior gestão e controle", diz o CFO do Asaas.

Gostou deste conteúdo? Deixa que a gente te avisa quando surgirem assuntos relacionados!


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

O mais conceituado portal sobre startups do Brasil. Veja mais em www.startups.com.br.

Leia o próximo artigo

newsletter

Start Seu dia:
A Newsletter do AGORA!