Sobre o Programa

Mais cedo ou mais tarde o seu negócio terá que olhar para a China.

A China possui mais de 1.3 bilhão de habitantes – cerca de 20% da população mundial. Apenas Baidu, Tencent, Alibaba e Xiaomi (BATX) já valem mais de US$ 1 trilhão, lançaram mais de 1000 negócios em mais de 20 setores nos últimos 10 anos. O governo atua de maneira agressiva e estratégica para posicionar a China na liderança mundial em tecnologia de ponta até 2030, especialmente em AI (artificial intelligence). Vamos mergulhar neste ecossistema!

Você terá a chance de conhecer por dentro a economia que mais está crescendo no mundo. Que possui 4 pólos de inovação maiores que o Vale do Silício, com empresas que conseguem vender em 1 dia mais que o varejo brasileiro o ano todo. Como uma nação que era pouco tecnológica há 3 décadas hoje possui empresas que ganharam escala global e competem diretamente com o Vale do Silício como maior pólo de inovação da atualidade?

O modelo chinês é completamente diferente do que estamos acostumados. Por isso, se você quiser aprender como criar estratégias e processos de inovação para seus negócios ganharem escala global, você deve ficar de olho na China.

Quem vai gostar?

Executivos e Empresas que olhem para a China como uma grande oportunidade de negócio. Que atuem em mercados como Mercado Financeiro, Varejo, Educação e busque soluções em larga escala. Busquem se aproximar e entender como as empresas funcionam na China para futuras parcerias ou até mesmo benchmarks.

Pré-Requisitos:

Ter passaporte; visto de turismo válido até a data da viagem; passagem e hospedagem para os 5 dias de viagem.

Quem já fez parte da programação:

Logo Tesla Logo Airbnb Logo Google Logo Facebook Logo Microsoft Logo Uber Logo Slack Logo Salesforce Logo Twitter Logo Udacity Logo Yelp Logo Pinterest Logo Udemy Logo Thoughtworks Logo HP Logo Yahoo

Conteúdo do Programa

Durante 05 dias você ficará imerso com empresas e profissionais que estão em empresas chinesas que estão transformando mercados do mundo inteiro.

Confira abaixo como funcionará o programa:

Durante o dia

Você visitará algumas empresas, conhecerá lugares marcantes e escutará histórias inspiradoras

Durante a noite

Networking com players locais ou transporte para as cidades seguintes do nosso programa

Palestras

As palestras te desafiarão a pensar nas inúmeras oportunidades que o país tem a oferecer

Conhecer o Maior Mercado do Mundo

Prepare-se para abrir a mente, pensar diferente e receber uma injeção de insights inovadores

Quem vai te acompanhar

Felipe Leal

Felipe Leal

Sócio da StartSe desde 2016. Foi responsável pela criação, estruturação e expansão da vertical corporativa, ajudando mais de 150 empresas a se conectarem com a Nova Economia, incluindo mais de 25 imersões customizadas para China e Vale do Silício. Durante 15 anos foi executivo de grandes empresas como Gerdau, Terra e Telefonica. É bacharel em Adm. de Empresas e possui MBA em Gestão Empresarial pela FGV. Fluente em 3 idiomas. Desde Jan/20 é o Head da StartSe China, vivendo em Shanghai. Antes disso, teve duas passagens pela China conhecendo os ecossistemas de inovação e tecnologia do maior mercado do mundo.

Caroline Zurakowski

Caroline Zurakowski

Bacharel em Relações Internacionais, Mestre em Ciência e Segurança na King’s College London. Em 2011 estudou o tema na renomada Peking University. Entusiasta de China, foi campeã mundial de Kung Fu e vive atualmente há 1 ano em Shanghai. Fluente em 5 idiomas, incluindo o chinês. Estuda há mais de 10 anos temas que dominam o cenário geopolítico atual como: Políticas de Segurança Cibernética, Relações Brasil-China e Relações China-Estados Unidos.

Vinicius Oliveira

Vinicius Oliveira

Líder da operação da StartSe em Beijing, vive na China há mais de 6 anos. Mestre em Engenharia Industrial pela Universidade de Aeronáutica e Astronáutica de Beijing. Já trabalhou na icônica Huawei, uma das maiores fabricantes de smartphones do mundo e líder em 5G. Fluente em 4 idiomas, incluindo chinês, participa de diversos programas na TV chinesa divulgando a cultura brasileira. É um grande conhecedor da história da China, seu presente e o papel e impacto da inovação na China de hoje e amanhã.

Para quem é o Programa

CEOs, Presidentes, Vice-Presidências (VPs),C-Levels, Diretorias Executivas

Que estão de olho nesse mercado de mais de 1 bilhão de pessoas, querem entender como as empresas chinesas crescem e ganham o mundo tão rápido. Como a China está se preparando para o futuro de mercados que você também atua para você tomar decisões mais inteligentes para o futuro dos seus negócios. Além de conhecer e ter acesso a players que seus concorrentes não têm acesso no Brasil, se diferenciando e saindo na frente das demais empresas do mercado.

Faça sua inscrição

Inscreva-se já

US$ 4.900,00 (dólares) à vista

Símbolo de 'check' na cor azul dentro de um círculo branco 5 dias completos de imersão

Símbolo de 'check' na cor azul dentro de um círculo branco Palestras com Empreendedores e Profissionais

Símbolo de 'check' na cor azul dentro de um círculo branco Imersões dentro de empresas chinesas inovadoras

Símbolo de 'check' na cor azul dentro de um círculo branco Networking com players locais

Selecione a edição por data:

Quero ser convencido

FAQ & Dúvidas

Ficou com alguma dúvida? listamos abaixo as mais frequentes. Caso reste mais dúvidas entre em contato no: atendimento@startse.com ou (11) 94465-9807

Devo levar dinheiro em espécie? Dólar resolve?

Na China, não são comuns cartões de crédito. Esse não é um meio de pagamento usado pelo chinês, que só usa digitais wallets. Entretanto, esse recurso não é disponível para turistas, que devem usar o dinheiro como meio de pagamento caso busquem facilidade.
Recomendamos que já façam o câmbio antes de embarcar. Em último caso, troquem dólar americano por RMB, moeda chinesa, no aeroporto. Não são comuns casas de câmbio pelas ruas da China.
Em relação ao valor necessário, sugerimos de US$100 a 150 por dia (para todas as refeições e, em último caso, deslocamento).

Recentemente, o Alibaba lançou o serviço AliPay que habilita cartões internacionais para pagamentos dentro da China. Preciso levar moeda chinesa mesmo assim?

O AliPay funciona como um modelo pré-pago. O AliPay foi liberado, vocês conseguem cadastrar cartão e tudo mais, MAS AINDA NÃO FUNCIONA. Por isso, se atentem em levar cash.

Tentei ingressar no WeChat, mas fui bloqueado. Como consigo liberação?

Em caso de não ter conseguido acessar o WeChat, pedimos que procure por alguém próximo que tenha uma conta há mais de 6 meses e que possa aceitar sua requisição para ingressar no app. O cenário ideal é que você faça isso antes de chegar na China.

O que é VPN? Para que serve? Para o que preciso?

O VPN (Virtual Private Network) é uma rede de comunicações privada construída sobre uma rede de comunicações pública. O VPN torna-se indispensável para viagem a China, pois é através dele é possível acesso aos sites e redes sociais bloqueados lá, como Google, Facebook e Instagram.
Recomendamos que baixe o VPN ANTES da viagem. Indicamos a versão gratuita do BETTERNET para mobile e a versão paga para quem for trabalhar de lá ou precisar acessar e-mails etc.

Vocês pediram para baixar o WeChat. Por que não podemos usar o WhatsApp?

Na China, o WhatsApp é bloqueado, ficando restrito ao uso de quem tem acesso ao VPN. Mesmo assim, esse app não funciona por completo – se restringe a mensagens de textos.

Onde serão os pontos de encontro da StartSe em cada cidade?

Todos os dias marcaremos um horário para nos encontramos no lobby do hotel, conforme a programação da agenda.
Shanghai: O nosso ponto de encontro oficial será o Grand Central Hotel Shangai, que fica localizado no centro de Shangai – aproximadamente 45 minutos de carro do aeroporto internacional de Shangai.

Quando receberei a agenda da imersão?

A agenda final sempre é entregue e apresentada próximo a viagem, num hangout agendado pela StartSe. Nessa ocasião, todo os participantes se apresentarem e o time StartSe esclarece eventuais dúvidas e apresenta o cronograma da imersão.

Qual o dress-code adequado para semana de imersão?

Na China, todo dia é “Casual Friday”. Sugerimos também que todos optem por sapatos confortáveis devido iniciarmos os dias bem cedo e encerrarmos tarde. Importante se atentar também a estação, de acordo com o período do ano da sua viagem.

Preciso de visto para ir para China?

Sim. O visto necessário para ingressar na China é o L, de turismo. O processo é simples e rápido, mas sempre muito importante fazer com antecedência.

Quando estar na China para acompanhar toda a imersão?

Todas as imersões iniciam na segunda-feira, por isso, você deve se programar para estar na cidade no domingo a noite. Vale ressaltar que a China está a 11h a frente do horário de Brasília, então, tente planejar a viagem considerando um período de adaptação.
A China é um país de cultura muito diferente do Brasil e outros países do Ocidente. Quais informações são importantes ter em mente, antes de viajar?
Costumamos falar que a China tem Sete NÃO, assuntos que devem ser evitados, que são:
1 –Valores Universais
Apesar de para nós “valores universais” ser algo positivo (abrangendo ideias como: liberdade, igualdade, direitos humanos), não é o mesmo para o Partido Comunista da China (PCC). Para eles, isso é tratado como uma ameaça subversiva.

2 –Liberdade de expressão
O PCC vê o controle do discurso público – particularmente a mídia – como crucial para sua influência no poder. Mas as mídias sociais afetaram radicalmente o controle do governo, e a imprensa começou a mostrar mais independência ao falar. Depois de alguns conflitos entre jornalistas e o partido, até falar sobre a possibilidade de liberdade é um não.

3 – Sociedade Civil
Do ponto de vista do Partido, qualquer organização – seja uma associação estudantil ou um grupo de exercícios espirituais – que não seja controlado pelo PCC é potencialmente uma ameaça.

4 – Direitos Civis
Analistas dizem que não há nenhuma surpresa aqui. Dado que o governo regularmente prende e persegue advogados que defendem os direitos legais de peticionários, camponeses e mulheres forçadas a abortar, não há dúvida de que os direitos individuais são um assunto tabu.

5 – Os erros históricos do Partido Comunista Chinês
Durante anos, o PCC tentou impor uma amnésia histórica seletiva, ensinando aos estudantes sobre o sofrimento da China sob as potências coloniais do Ocidente no século XIX, mas escondendo muitos dos piores traumas do século 20, como: o Grande Leap Forward, que matou até 45 milhões; a Revolução Cultural, que destruiu famílias e matou vários milhões; e o Massacre da Praça Tianamen em 1989, que deixou talvez milhares de estudantes mortos na capital. Por isso, falar sobre esses tópicos não é uma opção.

6 – Capitalismo de amizade
Poucas coisas enfureceram Pequim tanto quanto Bloomberg e o New York Times relatando sobre a imensa riqueza acumulada pelos líderes supostamente socialistas da China. A razão para isso é óbvia: o PCC justifica seu governo apontando para o incrível crescimento econômico da China. Se o povo chinês começar a acreditar que os funcionários do Partido e seus amigos estão embolsando grande parte dos lucros, a credibilidade do PCC cai.

7 – Independência Judicial
Na China, cerca de 99% dos casos criminais levados a julgamento terminam em condenação!!! Tal como acontece com a mídia, o PCC vê os tribunais como um braço de seu controle. De fato, altos funcionários do Partido acusados de crimes muitas vezes não entram no sistema judicial civil: eles são tratados por comitês disciplinares internos chamados “shanggui”.

É necessário contratar seguro viagem? Como funciona o sistema de saúde chinês?

É imprescindível viajar com seguro saúde para o seu bem-estar e tranquilidade. A medicina chinesa é considerada uma das mais antigas formas de Medicina Oriental, que é bem diferente da Ocidental. É muito difícil encontrar farmácias com produtos ocidentais na China – normalmente, apenas em hospitais. Recomendamos que tragam seus remédios do Brasil em quantidade abundante para a viagem, de forma a não faltar e se atentarem de levar também, os de uso contínuo.

Teremos tempo, durante a semana, para turismo e compras?

Se quiserem fazer turismo/compras recomendamos chegar alguns dias antes ou ficar alguns dias depois, pois a semana tem programação bastante intensa e não haverá tempo para atividades como essas.

Durante a semana de imersão, as palestras serão em que idioma?

Parte do conteúdo é em português, porém, em grande maioria das palestras são feitas em inglês, por isso, o cliente precisa ter, ao menos, proficiência básica deste idioma.

É possível contratar tradução simultânea para português?

É difícil encontrar profissionais que saibam português e, quando encontrado não dominam palavras/termos específicos (tecnologia, startup e fintech). Além disso, o preço do serviço é cobrado por hora, tornando-se um custo exorbitante.
Caso o cliente queira fazer uma contratação, o valor adicional ao preço da missão.

O que você pode esperar da StartSe?

Uma experiência incrível!

O que você não pode esperar da StartSe?

A StartSe não se responsabiliza por horário de voos, atrasos.