Sergio Mascarenhas

Imagem do último artigo número 1

A Braincare desenvolveu um sensor que monitora a pressão intracraniana em segundos; procedimento não é invasivo, diferente do atual, em que o crânio é perfurado