2018: você está preparado para a Nova Economia?

Avatar

Por Lucas Bicudo

11 de dezembro de 2017 às 08:19 - Atualizado há 3 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

A forma como fazemos negócios está mudando. Airbnb, Uber e Spotify? O que vimos até aqui foi só a ponta do iceberg. Inteligência artificial, Realidade Virtual e Aumentada, BlockChain e Criptomoedas, Internet das Coisas, Robótica, Impressoras 3D, Indústria 4.0, Empregabilidade, gestão de ativos…

Um sistema econômico de redes e mercados descentralizados, que combina necessidades e posses, ignorando os intermediários tradicionais. Essa é a Nova Economia, essa é a era onde a competitividade dá lugar à colaboração.

Não se produz mais inovação apenas em centros de P&D. Não adianta mais contratar um contingente de 1 mil profissionais para tentar se manter competitivo contra o resto do planeta – que cada vez mais está inovando e compartilhando. Antigamente uma empresa passava cerca de 60 anos no S&P 500. Hoje, ela pode ser substituída a cada 15 dias. Essa diminuição da vida útil das corporações é conduzida pelo crescimento de startups, que acabam alcançando o sucesso mais depressa e ditando as transformações do mundo.

Indústrias seculares estão sendo desafiadas por empresas altamente inovadoras, com negócios baseados em tecnologias revolucionárias. O que funcionou até aqui, não vai levar as empresas até o próximo nível. A Tesla, por exemplo, só produz veículos elétricos e vem pesquisando tecnologia para transformá-los em autônomos. A companhia reflete claramente a relação entre empresas tradicionais e disruptivas. Em pouco mais de dez anos de existência, a Tesla vale hoje mais do a GM e a Ford, mesmo vendendo uma fração ínfima de carros que seus rivais.

O custo para se iniciar uma startup nos anos 2000 era de aproximadamente US$ 5 milhões. Já em 2011, a pessoa pode ter cerca de US$ 5 mil que já pode ter acesso a esse modelo. Isso se deve as tecnologias que não evoluem mais de forma isolada. As tecnologias evoluem e se convergem, o que faz com que coisas que até um tempo atrás não eram possíveis, se tornem reais hoje.

Você está preparado para a Nova Economia?

Participe do maior censo de startups do Brasil! Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

E caso você tenha interesse em anunciar aqui no StartSe, baixe nosso mídia kit.

[php snippet=5]