Yahoo cogita separar e vender… o próprio Yahoo

Avatar

Por Júlia Miozzo

2 de dezembro de 2015 às 12:42 - Atualizado há 6 anos

Logo Novo Curso

Transmissão exclusiva: Dia 08 de Março, às 21h

Descubra os elementos secretos que empresas de sucesso estão usando para se libertar do antigo modelo de Gestão Feudal de Negócios.

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

SÃO PAULO – Executivos do Yahoo podem estar planejando vender o seu negócio online e devem decidir na reunião que acontece no final desta semana, disseram fontes anônimas ao Wall Street Journal. Isso quer dizer que a empresa estaria vendendo o próprio Yahoo. 

A reunião em questão acontecerá entre esta quarta-feira (2) e sexta-feira (4) para considerar uma variedade de opções, tal como se irão ou não proceder com os planos da cisão de sua participação na Alibaba ou de vender o core da empresa, o seus negócios online – o próprio Yahoo. Fundos de private-equity estão entre os possíveis compradores.

A discussão de vender o negócio central da empresa têm crescido com os esforços da CEO, Marissa Mayer, de revitalizar a empresa da internet. E que tanto não tem funcionado que ela é uma das CEOs mais cotadas para ser demitida no futuro próximo. 

Ainda não se sabe qual pode ser o preço para o negócio, já que não tem tanto valor para Wall Street. Mas, por outro lado, os sites do Yahoo são alguns dos mais visitados no mundo, com centenas de milhões de visitantes únicos mensais. Ainda assim, ela fica atrás de gigantes da internet como Google e Facebook.