Startup de games Wildlife recebe aporte de US$ 60 milhões e se torna unicórnio

João Ortega

Por João Ortega

5 de dezembro de 2019 às 17:32 - Atualizado há 8 meses

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

O estúdio de games para smartphones Wildlife anunciou, nesta quinta-feira (5), um aporte de US$ 60 milhões liderado pelo fundo de capital de risco americano Benchmark, que já investiu no Uber, Twitter e Snapchat. Após a rodada, a startup paulistana foi avaliada pelo mercado em US$ 1,3 bilhão, o que a posiciona como o mais novo unicórnio do Brasil.

A Wildlife foi fundada pelos irmãos Arthur e Victor Lazarte em 2011. Desde então, a startup lançou mais de 60 jogos virtuais para dispositivos móveis e bateu a marca dos dois bilhões de downloads, somando todos os títulos. Os games de maior sucesso são Sniper 3D, Tennis Clash e Colorfly.

Os jogos funcionam, em geral, no modelo freemium, em que o download é gratuito e a jogabilidade não requer pagamentos, mas é possível comprar itens virtuais que aceleram o progresso ou mudam a aparência dos elementos. Além disso, a Wildlife também trabalha com anúncios nos games. “É um modelo em que a maioria das pessoas não paga nada, mas há um grupo de 10% dos jogadores que sustentam o resto da base”, explica Victor em entrevista ao Estadão.

Com o investimento, o objetivo da startup é mais do que dobrar a equipe e chegar até 800 funcionários. Hoje, a Wildlife tem escritórios no Brasil, na Irlanda, nos EUA e na Argentina. O foco das contratações será no exterior, por conta da troca de experiências com profissionais de outros mercados.

Além disso, a Wildlife pretende se consolidar como uma plataforma de distribuição de games para dispositivos móveis. Nesse sentido, os fundadores vão fazer parcerias com estúdios menores e, possivelmente, adquirir jogos de terceiros. “Um dos maiores desafios de fazer um jogo hoje é distribuí-los. Nós temos um bom canal que são os games anteriores, mas empresas pequenas não possuem essa vantagem”, afirma Victor.