Warren, fintech brasileira de investimentos, recebe R$ 25 milhões

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

29 de março de 2019 às 13:02 - Atualizado há 2 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

A Warren recebeu um aporte de R$ 25 milhões em rodada de investimentos liderada pelos fundos Ribbit Capital e Kaszek Ventures, que no Brasil investiu no Nubank e no GuiaBolso. A fintech, criada em 2017, utiliza a inteligência artificial para ajudar pessoas a investirem.

Essa é a primeira rodada de investimentos realizada pela Warren e também contou com a participação da gestora de investimentos Chromo Invest. A startup foi criada pelos ex-sócios da XP Investimentos Marcelo Maisonnave – também sócio da StartSe – e Tito Gusmão, que lidera a empresa. Entre os sócios da Warren estão também os ex-XP Eduardo Glitz e Pedro Englert, CEO da StartSe.

A Warren foi criado para descomplicar investimentos. A intenção é que mesmo pessoas que não conheçam o mercado financeiro possam investir. Para isso, a fintech identifica o perfil de cada usuário e como ele deseja utilizar os rendimentos – o que ajuda a startup a decidir se eles serão aplicados em ações, renda fixa, entre outros. A partir daí, os robôs da Warren realizam os investimentos pelos clientes, que acompanham tudo pelo aplicativo.

Atualmente, a fintech conta com 60 mil clientes e R$ 300 milhões em ativos. Com o aporte, o objetivo é ampliar ainda mais as operações. A empresa, localizada em Porto Alegre, possui mais de 100 funcionários. Veja nosso estudo de caso sobre o Warren – nós contamos desde como é a experiência de investir pela fintech até como foi a criação e concepção da marca, marketing, produto e atendimento.