Volocopter realiza teste de táxi-aéreo autônomo em aeroporto internacional

Isabella Carvalho

Por Isabella Carvalho

30 de agosto de 2019 às 18:07 - Atualizado há 1 ano

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

A startup Volocopter, que desenvolve táxis-aéreos autônomos, realizou seu primeiro teste de decolagem e aterrissagem vertical (eVTOL) no aeroporto internacional de Helsinque, na Finlândia. A empresa divulgou, nesta sexta-feira (30), um vídeo com a aeronave Volocity sobrevoando o local.

O veículo é elétrico e possui 100 microprocessadores que, segundo a startup, “garantem perfeita estabilidade e controle”, mesmo quando um piloto não está no comando. Além disso, comporta dois passageiros e atinge uma velocidade máxima no ar de 110km/h. A empresa também está desenvolvendo o Voloport, espaço em Singapura com salas para os futuros passageiros e locais para troca de baterias e manutenção.

Projeto do VoloPort, em Singapura.

Na Finlândia, os testes foram realizados com um piloto a bordo e de forma integrada ao Gerenciamento de Tráfego Aéreo (ATM). A empresa é a primeira a realizar a ação em um aeroporto, no mesmo espaço que outras embarcações comerciais de passageiros. Futuramente, a startup planeja oferecer o serviço a preços acessíveis. 

Criada em 2011, a Velocity tem mais de 150 funcionários e escritórios em Bruchsal, Munique e Cingapura. Em 2017, a startup captou US$ 30 milhões em uma rodada liderada pela Daimler — dona da Mercedes-Benz. Entre os próximos passos da empresa estão o voo público do Velocity, em Stuttgart, no dia 14 de setembro, e a apresentação da estrutura do VoloPort ainda este ano.

Assista ao vídeo do teste: