Verily, startup de saúde do Google, cria centro de reabilitação inteligente

João Ortega

Por João Ortega

7 de fevereiro de 2019 às 11:44 - Atualizado há 2 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Os Estados Unidos passam por uma das maiores crises de saúde de sua história. O abuso de opioides, como são chamados os farmacológicos derivados do ópio, levou ao aumento de mortes por overdose no país para níveis nunca antes vistos. Hoje, um americano com menos de 50 anos é mais propensos a morrer de uma overdose não intencional do que qualquer outra causa. Em 2017, 115 americanos morreram a cada dia por overdose de opióides. Neste panorama, a Verily, uma divisão de saúde da Alphabet, do Google, decidiu criar um centro de reabilitação inteligente para tratar usuários de opioides em Ohio, nos EUA.

“Estamos criando um sistema de saúde em constante aprendizado. Além de fornecer toda a estrutura para tratar pacientes no dia-a-dia, o sistema vai gerar insights que poderão gerar maior entendimento em como tratar e recuperar o vício em drogas”, comunica a Verily em seu blog oficial. O centro de reabilitação, chamado de OneFifteen, será uma instituição sem lucros e aceitará pacientes independente de terem dinheiro ou seguro de saúde.

“Trabalhamos para criar um campus tecnológico que promova uma recuperação completa e que considere as necessidades holísticas e individuais de cada paciente”, informa a Verily. Pacientes poderão ficar internados no OneFifteen ou receberem tratamento por consultas. A expectativa é que o centro de reabilitação hi-tech esteja operando ainda no primeiro semestre deste ano, e as obras finalizadas em 2020.

Saúde e overdose

O ano de 2017 registrou o maior número de mortes por overdose na história dos EUA: foram 70 mil casos. Cerca de dois terços destes foram causados por uso de opioides, comuns em farmacêuticos. Para se ter uma ideia da grandeza, na Guerra do Vietnam foram mortos 58 mil soldados norte-americanos. Overdoses já superaram acidentes de carro em causas de morte no país.

Os executivos da Verily precisaram agir. “Somos focados em gerar informação sobre saúde para que as pessoas possam ter vidas mais saudáveis. Diante de uma das maiores crises de saúde que os EUA já viram, nos sentimos obrigados a agir”, afirma a empresa do Google.

Além do centro de reabilitação inteligente, a Verily tem projetos interessantes na área da saúde. Pesquisadores da empresa criaram uma forma de detectar problemas cardiovasculares por inteligência artificial e desenvolveram uma possível solução para a dengue. A Verily levantou US$ 1 bilhão em investimentos em janeiro.