Carro elétrico brasileiro é alternativa para reduzir custos com logística no ecommerce

Fabricante Hitech Eletric firma parceria com ASAP Log para promover entregas em regiões urbanas com redução de gasto de combustível

João Ortega

Por João Ortega

11 de setembro de 2019 às 13:36 - Atualizado há 7 meses

O e-commerce no Brasil não para de crescer. No ano passado, o setor aumentou 12% em relação a 2017 e faturou R$ 53 bilhões. Se os consumidores não se deslocam até as lojas, porém, os produtos precisam chegar até eles. Isto cria uma crescente demanda por soluções em logística. Neste sentido, a startup ASAP Log firmou uma parceria com a fabricante brasileiras de carros elétricos Hitech Eletric, com o objetivo de reduzir custos de entregas.

A StartSe apresenta o primeiro evento do Brasil focado em inovações que estão transformando a logística no mundo! Participe do Logística Innovation Day!

De acordo com uma pesquisa realizada pela Forrester Research, o custo elevado de frete corresponde a 44% das compras que são abandonadas no processo de checkout do e-commerce. Por outro lado, o uso de frete grátis e parcialmente subsidiado funciona como uma boa estratégia para aumento das vendas. No entanto, essa modalidade onera as empresas.

“O maior custo dos motoristas cadastrados na ASAP Log é, sem dúvida, o combustível”, afirma Rafael Mendes, CEO da startup. Hoje, o aplicativo tem 1200 entregadores e realiza entregas para mais de 700 lojas, principalmente no sul do país e em São Paulo. “O uso de carros elétricos nos pareceu ser a melhor solução no momento. Além da redução de custo, são veículos mais ecológicos”, resume.

A parceria entre as empresas foi centrada no modelo e.coTech4. O compacto elétrico de passeio da Hitech Eletric possui uma bateria com autonomia de 70 a 90km. O custo por recarga, com base no preço da energia em Curitiba (onde a ASAP Log fica sediada), é de cerca de R$ 5. A mesma distância, em combustível, custaria em torno de R$ 30. Além disso, carros elétricos têm isenção do IPVA em sete estados brasileiros, e redução do imposto em outros três.

Os entregadores da startup podem desfrutar da parceria de duas formas. A primeira é comprando o veículo com 20% de desconto, que configura uma redução de R$ 16 mil do preço total (R$ 66 mil, após o desconto). A segunda é a locação do carro com valor diferenciado (não divulgado pelas empresas), modelo que é preferência da maioria dos autônomos.

As entregas com o e.coTech4 são restritas a regiões urbanas, por que o veículo elétrico atinge um máximo de 68 km/h.