Vai criar um aplicativo? Estas 5 dicas vão te ajudar a criar um design impecável

Avatar

Por Júlia Miozzo

30 de outubro de 2015 às 15:15 - Atualizado há 5 anos

Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

SÃO PAULO – Além das facilidades e serviços que um aplicativo pode oferecer, outro aspecto que determina o quanto serão bem aceitos pelos usuários é o design –afinal, de que adianta um aplicativo útil, mas difícil de ser usado?

O grande objetivo de um aplicativo é conseguir que os usuários consigam ter uma boa experiência com o aplicativo e que, assim, ele tenha uma boa adoção. Para que o design ofereça tudo o que pode para o usuário, é preciso pensar nele antes mesmo de pensar no formato do aplicativo. Os designers devem estar envolvidos na construção do aplicativo desde o começo.

Confira as dicas do 99designs, marketplace de design gráfico, para ter o design perfeito em seu app:

1. Atente aos detalhes
Todos os aplicativos de sucesso possuem uma tipográfica agradável, que combine com o restante do app e seu propósito, layout arejado e imagens de alta resolução. Esses são aspectos importantes, pois usuários valorizam muito a beleza do aplicativo, tanto quanto a navegação e facilidade de uso.

2. Incorpore a sua marca
O objetivo é consolidar a marca e design em todos os fatores, desde o logo da empresa até o site e o aplicativo. Selecione as cores com cuidado e prefira usar um logo no cabeçalho do aplicativo, ao invés de um texto qualquer – isso facilita o reconhecimento da marca. O ideal é que a marca de seu aplicativo consiga ser identificada facilmente a partir de uma cor ou logo.

3. O dispositivo mobile não é um computador
Um dos erros mais comuns é acreditar que smartphones são minicomputadores e, por isso, construir um app que seja voltado para esse tipo de uso. Isso impede que novas funções sejam incluídas no aplicativo, o que pode destruir um pouco as expectativas do usuário.

Ao inventar um aplicativo para mobile, deve se pensar em cada gesto do usuário como uma funcionalidade, o que oferece mais oportunidades do que os aplicativos para web.

4. Crie o design conforme a plataforma e o telefone
Hoje não se leva em conta apenas a plataforma iOS, mas também Android e até a plataforma Windows. Alguns elementos podem ser iguais em todas as plataformas, como os splash screens, mas outras precisam ser criadas de maneira diferente – como levar em conta os diferentes tamanhos de celular para criar o design. Uma boa maneira de fazer isso é ter gráficos em alta densidade, média densidade e baixa densidade.

5. Customize para seu usuário
Também é preocupação do designer como o usuário usa o aplicativo e o que pode atrapalhar a experiência do usuário. É importante pensar em um design que facilite o uso para todos, não tenha restrições e que seja fácil de ser usado até para pessoas pouco familiarizadas com tecnologia.