Um dos maiores mitos sobre startups foi desbancado por cofundador do Yahoo

Avatar

Por Paula Zogbi

13 de janeiro de 2016 às 15:24 - Atualizado há 5 anos

Logo Novo Curso

Transmissão exclusiva: Dia 08 de Março, às 21h

Descubra os elementos secretos que empresas de sucesso estão usando para se libertar do antigo modelo de Gestão Feudal de Negócios.

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

É quase senso comum no Vale do Silício que, para uma startup prosperar, ela precisa que um de seus criadores seja focado em produto. É o caso de Mark Zuckerberg para o Facebook e de Jack Dorsey no Twitter, por exemplo.

Mas Jerry Yang, cofundador do Yahoo, e que agora faz parte dos conselhos da Workday, Lenovo e Alibaba, discorda disso veementemente. Ele tem formação em engenharia, e acredita que é mais importante encontrar quais são os seus pontos fortes – seja em vendas ou em habilidades pessoais – e focar 100% neles.

Em uma entrevista concedida ao blog BetterWorks em que falou sobre o mercado empreendedor atual, ele disse: “acho que a ideia do Vale do Silício é de que ‘ah, se você não tem o grande Mark Zuckerberg fundador focado em tecnologia de produto, você não será ótimo’. Discordo totalmente disso”.

Para provar seu ponto, ele citou a Cisco, construída fortemente sobre uma cultura de de vendas, e a Alibaba, conhecida por seu foco em parcerias e confiança; ou seja: empresas de sucesso que possuem um ponto forte mais estruturado. Para ele, uma companhia que seja ótima em vendas será ótima, bem como uma que seja ótima em tecnologia. “Você vai falhar se for medíocre em várias coisas”, disse.

Agora, como investidor, Yang dá a dica às companhias que pretende ter em seu portfólio: “escolha sua força e construa algo ao redor disso. Não existe certo ou errado”.