Track, programa de aceleração da Visa, encerra com Demo Day

Avatar

Por Isabela Borrelli

25 de outubro de 2017 às 17:06 - Atualizado há 3 anos

Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

A primeira edição do Track, programa de aceleração da Visa em parceria com a Kyvo e a GSVLabs, chegou ao fim ontem à tarde no rooftop do MAC. As cinco startups selecionadas – BeeTech, Dataholics, Foxbit, NextOne e Saffe – participaram do DemoDay, onde fizeram pitches e apresentaram suas soluções, além de contarem sobre a experiência dos últimos seis meses.

Neles, além de terem tido acesso à consultoria de inovação em serviços digitais e um mês no Vale do Silício totalmente pagos pelo programa, as startups receberam investimento sem equity e abertura para negócios com a Visa e seus parceiros. Segundo Cristiano Maschio, fundador e CEO da NextOne: “O programa é diferenciado pelo formato do sistema de aceleração [equity free] e a qualidade dos mentores. Nosso mindset mudou”.

No caso, o sócio-fundador da empresa, Hilton Menezes, também frisou a importância do período no Vale do Silício, no qual os empreendedores contaram com o apoio da GSVLabs: “Fomos para lá pensando regional e voltamos de lá pensando e agindo global”.

O Demo Day contou com premiações para as startups participantes, sendo que a votação ocorreu online simultaneamente às apresentações, levando em conta o voto do público e dos jurados. A NextOne foi eleita a que mais evoluiu durante todo o programa, já a Dataholics foi selecionada pela banca como destaque do dia e a Saffe como destaque por voto popular.

Cristiano Maschio, fundador e CEO da NextOne, e Hilton Menezes, sócio-fundador da empresa

O evento ainda contou com um painel onde os empreendedores das fintechs Beetech, Foxbit e Dataholics conversaram sobre o futuro das transações. Em relação a isso, Stefano Milo, fundador e CPO da BeeTech, revelou: “Um dos grandes aprendizados que a gente teve ao longo do programa foi a importância da conectividade”. De fato, não só para câmbio, especialidade da fintech, como para outras transações, essa questão é cada vez mais latente. Para encerrar a tarde, ocorreu um segundo painel com a Saffe e a NextOne, que abordou o tema da inovação corporativa e sua importância tanto para as grandes empresas quanto para as startups.

Participe do maior censo de startups do Brasil! Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

E caso você tenha interesse em patrocinar eventos da StartSe, envie um e-mail para patrocinio@startse.com.br