Startups brasileiras serão selecionadas para programa do Reino Unido

Os empreendedores terão, além de escritórios em Londres, benefício correspondente aos de empresas britânicas

Avatar

Por Júlia Miozzo

2 de setembro de 2015 às 12:31 - Atualizado há 4 anos

SÃO PAULO – Até 15 startups brasileiras serão internacionalizadas através da iniciativa UK Chapter, uma extensão do Programa InovAtiva do Brasil, do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, segundo Catherine Barber, conselheira econômica da Embaixada Britânica do Brasil.

Através da iniciativa, 20 startups brasileiras já foram capacitadas no Vale do Silício, recebendo mentorias, treinamentos e networking. A seleção será feita entre as 195 startups candidatas – dessas, 100 fazem parte do InovAtiva deste ano e as demais 95 de edições anteriores.

Segundo Catherine, o Reino Unido se interessa por projetos que façam parte das áreas de tecnologia da informação, desenvolvimento sustentável, indústria criativa, saúde, biotecnologia e defesa. Os empreendedores terão, além de escritórios em Londres, benefício correspondente aos de empresas britânicas. “A ideia é servirmos de plataforma para que essas startups se tornem empresas globais”, afirmou. “Acreditamos que há também potencial para marcarem presença no mercado da América Latina e especialmente no Mercosul”.