Startup reduz operações e demite funcionários para tentar ser rentável

Avatar

Por Lucas Bicudo

24 de julho de 2017 às 19:14 - Atualizado há 3 anos

Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

A Shyp está reduzindo significativamente suas operações e demitido funcionários para “concentrar-se na obtenção de rentabilidade”.

A startup oferecerá seu serviço apenas em São Francisco e não funcionará mais em Nova York, Chicago e Los Angeles. Em uma postagem anunciando as mudanças, o CEO Kevin Gibbon observou que “o mercado de financiamento de risco mudou e agora há uma barra maior para rentabilidade”. Em outras palavras: agora ele precisa de ter uma operação rentável.

Com US$ 62 milhões captados de empresas como Kleiner Perkins e Sherpa Ventures, a Shyp opera com um aplicativo de entregas. Você pode escolher qualquer coisa e enviá-la para a casa de qualquer pessoa, com taxas mais acessíveis. Para alcançar a rentabilidade, a empresa concentrará principalmente em clientes de pequenas empresas e em “grandes cargas”. O aplicativo está integrado ao eBay.

Não deixe de conferir: Caso você esteja pensando em começar sua empreitada, o StartSe montou o e-book gratuito “Passo a Passo para Criar uma Startup”, com tudo que você precisa saber para dar o pontapé inicial.

“Sabendo o que sabemos agora, não há dúvida de que faríamos algumas coisas diferentes. Nós teríamos focado na rentabilidade e atenderíamos pequenas empresas desde o início. Em um negócio que exige investimentos significativos para crescer em operações físicas, teríamos focado em alcançar o sucesso em um mercado antes de expandir para outros”, conta Gibbon.

Um porta-voz da companhia se negou a dizer quantos funcionários estavam sendo demitidos e disse ainda que a startup está buscando uma nova rodada de investimentos.

(via Business Insider)

Faça parte do maior conector do ecossistema de startups brasileiro! Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo! E se você tem interesse em anunciar aqui no StartSe, baixe nosso mídia kit.

[php snippet=5]