Startup cria ônibus autônomo fabricado em impressora 3D

Isabella Carvalho

Por Isabella Carvalho

2 de setembro de 2019 às 12:00 - Atualizado há 1 ano

Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

Desde 2007, a startup Local Motors tem se dedicado a desenvolver veículos elétricos impressos em 3D. Em 2016, a empresa, com sede em Phoenix, criou o Strati, primeiro carro produzido dessa forma. A impressão tridimensional do automóvel, com exceção de peças como motor, rodas e assentos, foi realizada durante uma conferência nos Estados Unidos e durou 44 horas. 

Strati, carro produzido pela Local Motors em impressora 3D.

Pouco tempo depois a empresa criou o Olli, ônibus elétrico também feito em impressora 3D. O veículo estreou também em 2016 em Maryland, nos Estados Unidos. Neste ano, a empresa apresentou uma versão atualizada de sua criação — o Olli 2.0.

O ônibus é autônomo, pode transportar dez pessoas e percorrer até 160 km com uma carga — que é recarregada em menos de duas horas. Além disso, é equipado com um computador de bordo, sensores 360º e com o sistema IBM Watson IoT, que analisa dados em tempo real para interagir com o piloto e fazer escolhas durante o trajeto.

Olli 2.0, ônibus fabricado em impressora 3D pela Local Motors.

No interior, os passageiros têm acesso a telas sensíveis ao toque que podem transmitir conteúdos em realidade aumentada e virtual. O ônibus também é integrado ao IBM Watson e Amazon Lex, permitindo que empresas criem seus próprios sistemas de interação com clientes. Segundo a Local Motors, o Olli 2.0 pode ser personalizado de diversas formas. No caso de um hospital, por exemplo, alguns bancos podem ser removidos para o transporte de pacientes. 

Conectividade

O objetivo da Local Motors é implantar o Olli 2.0 em cidades, vilas e municípios para resolver problemas de congestionamento, poluição e acessibilidade. Para isso, a empresa criou um aplicativo que se conecta ao veículo. Por meio dele, os usuários podem se registrar, reservar uma viagem com o Olli mais próximo e pagar pelo serviço.

Interior do Olli 2.0.

Hoje, a versão 1.0 do veículo já está circulando em nove pontos, como na Base Conjunta das Forças Armadas dos Estados Unidos, no Texas, e no White Rock Corporate Campus, parque empresarial em Rancho Cordova, na Califórnia. Em todos os locais, os ônibus estão sendo guiados por motoristas de apoio. Por enquanto, a startup está coletando dados para entender a reação do público e como o veículo tem ajudado no alívio de congestionamentos.

O Olli 2.0 começou a ser produzido em julho e as entregas começarão no quarto trimestre deste ano. Enquanto isso, a primeira versão será implantada em outros três locais não divulgados pela Local Motors. A produção do Olli 1.0 será reduza nos próximos meses até que os pedidos já feitos sejam concluídos.