Startup de meditação Calm recebe US$ 88 mi e se torna unicórnio

Isabella Carvalho

Por Isabella Carvalho

6 de fevereiro de 2019 às 15:28 - Atualizado há 2 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 22 a 25/Fev - 2021, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

A lista mundial de unicórnios — startups avaliadas em US$ 1 bilhão ou mais — acaba de ganhar mais um nome. A startup americana de meditação Calm anunciou, nesta quarta-feira (6), que levantou US$ 88 milhões em um financiamento da série B, o que avalia a empresa em US$ 1 bilhão. Essa é a primeira startup de saúde mental a se tornar unicórnio.

A empresa possui um aplicativo para meditação, concentração e relaxamento, ajudando a combater o estresse e insônia. Com pacotes gratuitos e pagos, a startup oferece vídeo aulas sobre meditação e alongamento, músicas exclusivas para relaxamento e áudios com histórias para dormir. Além disso, em parceria com XpresSpa, possui pontos físicos em aeroportos dos Estados Unidos com massagens e outros produtos para saúde mental.

Fundada em 2012, a startup reúne mais de 40 milhões de downloads no mundo todo e mais de 1 milhão de assinantes pagantes. Além disso, mais de 100 milhões de clientes já ouviram as histórias para dormir. Hoje, a empresa possui 50 funcionários e registra uma receita anual de US$ 150 milhões.

A rodada de financiamento foi liderada pela TPG Growth, com participação da Creative Artists Agency (CAA), Insight Venture Partners e Sound Ventures. Com o aporte, a startup planeja investir no crescimento internacional e em novos conteúdos para a plataforma.

“Nossa visão é construir uma das marcas mais valiosas e significativas do século XXI. Saúde e bem-estar é uma indústria de US$ 4 trilhões e acreditamos que há uma grande oportunidade de construir a empresa líder neste espaço importante e de rápido crescimento”, disse Michael Smith, um dos fundadores da startup.