Startup fecha parceria com L’Oreal para começar a imprimir pele

Avatar

Por Júlia Miozzo

15 de junho de 2015 às 12:33 - Atualizado há 5 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

SÃO PAULO – A marca de cosméticos L’Oreal criou uma parceria com a startup Organovo, especializada em bioimpressão 3D, para “imprimir” peles em impressores 3D que serão usadas para o teste de produtos.

A tecnologia da startup é capaz de reproduzir de forma automatizada a criação de tecidos humanos, replicando as funções biológicas do corpo humano.

Inscreva-se agora no curso Startup de A a Z: construindo negócios campeões. Garanta o seu lugar, porque as vagas são limitadas. CLIQUE AQUI.

Segundo o The Verge, o processo envolve identificar a “arquitetura e elementos composicionais chave” do tecido desejado e criando uma “tinta-bio” formulada para isso. Tecnologia semelhante já foi sugerida como uma maneira de acelerar o processo de cura de lesões faciais e queimaduras.

Embora a L’Oreal já produza pele para realizar os testes, o produto da Organovo deve acelerar o processo da empresa e garantir mais precisão.

“Estamos muito animados em fazer essa parceria com a L’Oreal, cuja liderança no setor de beleza está enraizada em inovação científica e em um comportamento profundo com a pesquisa e o desenvolvimento”, disse Keith Murphy, presidente da Organovo, em nota.