Startup está produzindo avião mais rápido que o Concorde

Uma das companhias aéreas interessadas em na nova aeronave, capaz de voar de NY a Londres em menos de 4 horas, é a norte-americana Virgin America

Avatar

Por Júlia Miozzo

7 de abril de 2016 às 13:21 - Atualizado há 4 anos

A ideia de um avião supersônico ficou famosa com o Concorde, aeronave que conseguia voar  a mais de 2 mil km/h. Entretanto, o modelo era muito poluente e gastava muito combustível. O avião deixou de ser produzido após um acidente que matou 113 pessoas em Paris, em 2000. 

Hoje, a startup Boom está produzindo um avião capaz de atingir 2.700 km/h, ainda maior que a alcançada pelo Concorde, mas de maneira sustentável e segura.  Segundo informações do The Guardian, com o avião da Boom seria possível viajar de Nova York para Londres em apenas três horas e meia – normalmente, esse voo leva em média doze horas. Cada passagem custaria cerca de US$ 5 mil, o mesmo preço cobrado por assentos na classe executiva nos EUA.

Parceria
Uma das companhias aéreas interessadas na nova aeronave é a norte-americana Virgin America, que, segundo seu presidente, Richard Branson, já se inscreveu para a compra de dez aeronaves e outras 15 para uma transportadora europeia – uma compra total de US$ 5 bilhões –, caso tudo saia conforme o planejado.

“Nós podemos confirmar que a Spaceship Company vai providenciar serviços de engenharia, design e manufatura, testes de voo e operações e que temos uma opção nas dez primeiras armações aéreas. Ainda é cedo e o início do que você saberá sobre nossas ambições e esforços”, disse uma porta-voz da Virgin Group ao Guardian.