Fintechs do Fintouch: Vérios ajuda a descomplicar aplicações e investimentos

Avatar

Por Lucas Bicudo

31 de julho de 2017 às 16:00 - Atualizado há 3 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Investir o dinheiro poupado ao longo da vida é uma tarefa difícil para a maior parte das pessoas. Para resolver esse problema, a Vérios (confira seu perfil na base do StartSe) criou uma carteira de investimentos automatizada. Usando tecnologia, ela permite que pessoas que não tenham familiaridade com o mercado financeiro invistam suas economias de forma profissional, com segurança e diversificação – e com a mesma facilidade de quem apenas transfere dinheiro para a poupança.

“Não é difícil entender o motivo de muitas pessoas estarem na poupança por pura comodidade. Quem procura o banco percebe que o gerente indica investimentos que pagam maior comissão, não os que são bons para o cliente; quem já migrou para as corretoras se depara com uma infinidade de produtos e não sabe onde investir, sem falar na burocracia e nos sistemas nada práticos. Faltava no mercado uma solução descomplicada para as pessoas investirem com mais diversificação, menos custos e sem conflito de interesses”, explica Felipe Sotto-Maior, cofundador e CEO da Vérios.

É a primeira empresa brasileira a trazer o conceito de robo-advisor, ou serviço de investimento automatizado, que está revolucionando os investimentos pessoais nos Estados Unidos e na Europa. A ideia da startup é proteger as pessoas de armadilhas do mercado financeiro, como custos altos e indicações de investimento baseadas em comissões.

Para investir com a Vérios, é preciso acessar o site e responder a algumas perguntas para que o robô identifique o perfil do investidor e recomende o plano de investimento adequado. O valor da aplicação mínima inicial é de R$ 12 mil.

A carteira inteligente pode ser ajustada para cinco níveis de risco, atendendo do investidor mais conservador ao mais arrojado. O patrimônio é diversificado em cinco classes de ativos, representadas por títulos do Tesouro Direto (Tesouro Selic – LFT, Tesouro Prefixado – LTN e Tesouro IPCA+ – NTNB). Uma parcela menor é investida em cestas de ações (ETFs) das bolsas brasileira e norte-americana (a diversificação com ETFs está disponível para carteiras a partir de R$ 50 mil).

Para concretizar o investimento é preciso abrir conta em uma corretora parceira da Vérios e assinar um contrato de gestão – digitalmente, não tem papelada. As aplicações são feitas no nome e CPF do cliente.

“Cuidamos tanto da inteligência de gestão quanto da parte operacional de compra e venda de ativos, mas não temos acesso aos recursos dos clientes, que ficam custodiados com segurança na BM&FBovespa”, esclarece o CEO.

Depois é só logar no site da Vérios e acompanhar a posição, rentabilidade e custos dos investimentos. A startup calcula o retorno da carteira inteligente já descontando todos os custos. Até mesmo as taxas semestrais são descontadas um pouquinho todos os dias, para o investidor saber o rendimento real das suas aplicações.

Os recursos são aplicados e monitorados 24/7 por meio de diversos algoritmos que operam com a supervisão do co-fundador Daniel Resende e da equipe de Estratégia de Investimento. O robô reproduz na conta de cada cliente a política de investimento da Vérios, com um modelo matemático de otimização de risco e retorno baseado na Teoria Moderna do Portfólio e seus aperfeiçoamentos, adaptados à realidade brasileira.

“Nosso modelo otimiza não apenas risco e retorno, mas também custos e tributação”, explica Resende. “Criamos uma solução de investimento completa, que aloca os recursos em cinco classes de ativos distintas, inclusive com exposição ao mercado internacional. Com o robô, conseguimos fazer o acompanhamento diário das carteiras de cada cliente e rebalancear quando necessário cobrando custos bem reduzidos. Esse é o melhor caminho para aumentar a rentabilidade no longo prazo”, complementa.

É possível fazer novas aplicações a qualquer momento, a partir de apenas R$ 100.

“Queremos estimular o hábito de poupar e que o nosso cliente tenha a disciplina de investir todos os meses”, afirma Felipe. Atualmente, cerca de 70% dos clientes da empresa fazem aportes adicionais periodicamente. Já quando é preciso solicitar um resgate, o cliente tem os recursos disponíveis em até 5 dias úteis.

O perfil típico do cliente da Vérios é o profissional em ascensão na carreira, que vê valor na comodidade oferecida pela startup e enxerga os serviços digitais como aliados em suas rotinas atribuladas de trabalho e compromissos sociais.

A Vérios é uma das que terão estandes na maior conferência de fintechs do Brasil – uma co-realização entre o StartSe e a ABFintechs. Você pode conhecer mais detalhes sobre a feira (e garantir sua participação) através deste link. Não perca a oportunidade de participar!

Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

[php snippet=5]