Startup de tecnologia recebeu, em dois anos, US$ 95 milhões em investimentos

Avatar

Por Júlia Miozzo

14 de abril de 2015 às 15:30 - Atualizado há 5 anos

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

SÃO PAULO – A startup norte-americana Docker foi criada em 2013 e, surpreendentemente, já possuía diversas ambições de ativos e muita publicidade. Praticamente, ela é uma plataforma aberta que constitui um mercado inteiro de construção, entrega e administração de aplicação.

Em apenas dois anos de vida, a empresa anunciou uma rodada de US$ 95 milhões de financiamento da Insight Venture Partners, totalizando US$ 150 milhões em investimentos. O valor da startup já alcançava mais de US$ 400 milhões em setembro do ano passado, segundo o Business Insider.

Cadastre sua startup no StartSe e fale com investidores, mentores e aceleradoras. Acesse www.startse.com.br. É gratuito.

A plataforma que oferece permite que qualquer aplicação distribuída possa ser criada e conduzida como uma coleção de “contêineres” (uma caixa figurativa) que funcionam através de qualquer infraestrutura virtual, seja o data center da própria empresa ou um serviço de nuvem. “É um novo modelo que liberta os desenvolvedores das dependências de infraestrutura e aplicação, acelera o ciclo de desenvolvimento de software e permite melhorias significativas no custo e eficiência de infraestrutura”, descreve a startup.

Embora a tecnologia da Docker seja difícil de ser explicada, ela é muito popular entre os engenheiros de software e vai ganhando mais importância conforme mais negócios passam a utilizar a computação na nuvem.

O capital de risco investido vai financiar a expansão da empresa, assim como tornar a tecnologia mais eficiente nas nuvens da Amazon, Microsoft e IBM, segundo comunicado de imprensa.