Verily, a startup de saúde do Google, recebe US$ 1 bilhão em investimento

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

4 de janeiro de 2019 às 13:32 - Atualizado há 2 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

A Verily, startup de saúde da Alphabet – holding dona do Google -, recebeu US$ 1 bilhão em investimento. O aporte, liderado pela Silver Lake, tem objetivo de acelerar o crescimento da empresa, facilitar parcerias estratégicas e financiar potenciais aquisições.

A rodada de investimentos também teve participação da Ontario Teacher’s Pension Plan e outras empresas de capital de risco. O Goldman Sachs atuou como conselheiro financeiro para a startup nesta rodada.

Com o aporte, Ruth Porat, chefe de finanças da Alphabet, e Egon Durban, sócio e diretor da Silver Lake, passarão a integrar o conselho de operações da Verily.

“A entrada de um grupo completo de investidores experientes, liderados pela Silver Lake, nos preparará ainda mais para a execução à medida que a saúde continua a mudar para modelos baseados em evidências e reembolsos pelo valor”, comentou Andrew Conrad, CEO da Verily, em comunicado.

Criada em 2015, a Verily tem a missão de utilizar dados para auxiliar uma vida mais saudável. A startup desenvolve projetos para organizar e coletar dados de saúde. Entre suas invenções, estão desde lentes de contato inteligentes em parceria com a Alcon ao “Study Watch”, relógio que coleta dados.

Uma das verticais da empresa também é a medicina de precisão, em que busca estudar e desenvolver tecnologias para melhorar o tratamento de doenças.