Startup de aluguel de roupas recebe US$ 125 milhões e se torna unicórnio

Isabella Carvalho

Por Isabella Carvalho

22 de março de 2019 às 12:56 - Atualizado há 2 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

A lista de unicórnios — startups avaliadas em US$ 1 bilhão ou mais — ganhou mais uma integrante nesta quinta-feira (22). A Rent the Runway, empresa de aluguel de roupas e acessórios online, anunciou que arrecadou US$ 125 milhões em uma rodada de investimento liderada pela Franklin Templeton Investments e pela Bain Capital Ventures. O aporte valoriza a startup em US$ 1 bilhão.

A Rent the Runway, fundada em 2009 pelas empreendedoras Jennifer Fleiss e Jennifer Hyman, oferece assinaturas mensais ou alugueis individuais de itens como vestidos, macacões, brincos, anéis e bolsas. Com planos a partir de US$ 89, os clientes podem usar roupas e acessórios de diversas grifes e designers sem precisar comprá-las.

Com o investimento, a startup planeja melhorar seu serviço de assinatura, expandir as categorias de produtos e abrir uma loja em San Francisco. “Este novo armário que criamos se aplicará não apenas à maneira como as pessoas se vestem, mas a todos os produtos que usam”, disse Jennifer Hyman em uma entrevista para o The New York Times. “Nosso objetivo é realmente criar o Amazon Prime de aluguel”.

Recentemente, a empresa anunciou uma parceria com a West Elm, empresa de produtos para casas. Assim como no modelo de roupas, os clientes poderão alugar, por assinaturas mensais, travesseiros, mantas, roupas de cama e outros itens para salas e quartos.