Startup cria teste para câncer que custa R$ 750

Kit para teste, que custa cerca de R$ 750, é entregue na casa do cliente, que colhe saliva e devolve para a empresa

Avatar

Por Júnior Borneli

12 de Maio de 2015 às 10:08 - Atualizado há 5 anos

A startup Color Genomics, baseada no Vale do Silício, criou uma nova forma de realizar testes preventivos para câncer de mama e ovário, com custo bastante reduzido.

Segundo notícia divulgada pela Bloomberg, o conjunto para o teste custa US$ 249 dólares, cerca de R$ 750. A cliente recebe o produto em casa, colhe uma amostra de saliva e envia de volta para a empresa, que realizada os procedimentos e devolve os resultados em até 8 semanas.

O que é preciso fazer para ter uma startup de sucesso? CLIQUE AQUI e descubra como Zero Paper, Conta Azul, Boo-Box e Descomplica conquistaram investimentos e chegaram ao sucesso!

O grande avanço nessa área fez com que a startup atraísse a atenção da empresa de investimentos Khosla Ventures e também de Laurene Jobs, viúva de Steve Jobs. Um exame como esse, até então, custava mais de US$ 4 mil dólares.

O time da Color Genomics inclui biólogos e cientistas, além de engenheiros que já trabalharam em empresas como Twitter e LinkedIn. Segundo Othman Laraki, CEO da Color Genomics, o grande diferencial da empresa foi somar a habilidade dos engenheiros do Vale do Silício com o conhecimento médico de cientistas, o que permitiu criar um produto que custa 75% menos do que as outras opções disponíveis no mercado.

O teste realizado faz a checagem de 19 variações genéticas que estão relacionadas a um risco maior desses tipos de câncer. Nessas variações é testado também o gene BRCA1, que levou a atriz Angelina Jolie a fazer a retirada dos seios.