Startup casamenteira promete baratear a festa mais cara de todas

Avatar

Por Paula Zogbi

29 de janeiro de 2016 às 10:31 - Atualizado há 5 anos

Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

De acordo com uma pesquisa do Quem Casa Quer Site, os casamentos no Brasil custam, em média, R$40 mil, valor que pode aumentar – e muito, em capitais e dependendo do tamanho da festa e da cerimônia.

Isso é muito dinheiro, principalmente considerando o fato de que muitas pessoas casam em um momento da vida em que ainda estão iniciando a carreira e, portanto, não possuem economias o suficiente para arcar com o casamento dos sonhos. São justamente essas pessoas que a startup Popmarry quer ajudar – e com até R$450 mil em um ano, de acordo com o site.

Criada por – claro – um casal em vias de “juntar as escovas de dentes”, a startup tem um intuito simples e útil: criar uma poupança para financiar casamentos, festas e luas de mel; alimentada pelo dinheiro dos amigos e conhecidos do casal em questão.

“Eu, por exemplo, namoro há sete anos e meio e sempre vi dificuldades em juntar dinheiro para o meu casamento”, explica Raphael Elias dos Santos, CEO da empresa, que fundou com a namorada Marcela Calippo. “Resolvemos fundar a PopMarry para ajudar casais que passam pela mesma situação”, explicou em entrevista ao StartSe na Campus Party 2016.

Como funciona

A empresa, que lançou o site há apenas um mês e meio e tem um time de trabalho de cerca de cinco pessoas, trabalha em três frentes: o casal, os amigos e os comércios parceiros.

Quando um casal se cadastra no site, ele recebe um código que pode divulgar entre amigos e conhecidos. “Quem usa o código em qualquer loja parceira, seja um pet shop, um restaurante, qualquer coisa, além de ganhar um desconto, garante que parte do lucro da empresa seja para a poupança dos amigos escolhidos”, ensina o empreendedor. Qualquer tipo de comércio pode fazer a parceria.

“Atualmente, estamos apenas em Campinas, mas vamos expandir em breve, a princípio aqui na Grande São Paulo”. Vinte lojas já são parceiras do PopMarry na cidade – e o valor do desconto é de no mínimo 9%.

Quem não conhece nenhum dos casais cadastrados também pode se beneficiar dos descontos, ajudando perfis cadastrados – basta anotar o código e pedir pelo desconto em uma das lojas cadastradas, listadas no site.

O site tem também um aplicativo, para Android e iOS, e as lojas cadastradas recebem uma tecnologia para enviar notificações em push ativadas quando as pessoas cadastradas passarem perto de qualquer uma delas – é só dizer “aceito”.