CargoX, startup de logística, abre 60 vagas de emprego

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

30 de abril de 2019 às 08:09 - Atualizado há 1 ano

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

A CargoX, startup brasileira que conecta caminhoneiros ociosos com quem deseja entregar cargas, abriu 60 vagas de emprego em São Paulo. A empresa está contratando profissionais em São Paulo para as áreas de comercial, operações, tecnologia, recursos humanos, jurídico e marketing.

Fundada em 2013, a CargoX conta, atualmente, com 350 funcionários. Entre os benefícios oferecidos, estão planos de saúde e odontológico, GymPass, entre outros. A empresa é avaliada em 3,77 estrelas (de 5) no site de avaliações Love Mondays.

“Na empresa, o colaborador ficará livre dos ambientes formais, hierárquicos e padronizados. Aqui prezamos a autonomia com responsabilidade, transparência nas relações e coragem para inovar”, afirmou Matheus Jacobini, vice-presidente de pessoas e gestão da empresa.

A CargoX transporta cargas para Ambev, Heineken, Unilever, Votorantim, entre outras. Madeira, açúcar, adubo, algodão, alimentos, cosméticos, embalagens, etc, são alguns dos produtos transportados pela empresa. No entanto, os caminhoneiros são autônomos, e a conexão com embarcadores fez a CargoX ganhar o título de “Uber dos Caminhões”.

Durante sua trajetória, a startup já levantou mais de US$ 90 milhões. Ela foi cotada pela CBInsights como um dos próximos unicórnios brasileiros, junto ao QuintoAndar (que também está contratando).

Leia também: Como Federico Vega criou a CargoX, de tecnologia para transporte