StartSe é a única empresa de educação das 25 Top Startups do LinkedIn

João Ortega

Por João Ortega

4 de setembro de 2019 às 08:15 - Atualizado há 1 ano

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 22 a 25/Fev - 2021, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

A StartSe foi eleita a 12ª startup das 25 Top Startups, no ranking elaborado pelo LinkedIn, divulgado nesta quarta-feira – e a a única empresa de educação da lista. O ranking traz, segundo o LinkedIn, “jovens empresas que apresentam grande crescimento, causam disrupção em seus setores, e estão mudando o modo como os profissionais trabalham e vivem.”

O ranking anual LinkedIn Top Startups analisou, de 1º de julho de 2018 a 30 de junho de 2019, bilhões de ações geradas pelos 645 milhões de usuários do LinkedIn, com foco em quatro critérios: engajamento, crescimento no número de funcionários, interesse por vagas e atração de grandes talentos.

O engajamento mede os seguidores e as visualizações da LinkedIn Page da empresa por usuários que não são funcionários, além das visualizações de perfis de funcionários por pessoas que não trabalham na startup.

O crescimento no número de funcionários é o aumento percentual no número de funcionários ao longo de um ano, que deve ser de no mínimo 15%.

O interesse por vagas é a taxa de visualizações de anúncios de emprego e candidaturas que a empresa recebe, incluindo tanto anúncios de vaga pagos quanto não pagos.

A atração de grandes talentos reflete a porcentagem da força de trabalho total da startup composta por profissionais oriundos das LinkedIn Top Companies. Os dados são normalizados entre todas as startups elegíveis.

O LinkedIn Top Startups considerou o Nubank como a startup mais desejada do Brasil, seguida pelo C6 Bank e a Loft.

Veja aqui a lista completa.

Hoje, a StartSe é uma empresa de educação executiva continuada que tem 60 funcionários, distribuídos entre a sede da empresa em São Paulo e seus escritórios no Vale do Silício, nos EUA, e Xangai, na China. A expectativa é de que nos próximos 12 meses a empresa contrate 40 novos talentos.

A startup se destaca por ter uma equipe de pessoas inconformadas, que sonham grande, trabalham por propósito e almejam se tornar sócios da empresa. São essas características que os recrutadores da StartSe buscam no mercado de trabalho.