Snapchat vai se transformar em potente ferramenta de compras

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

24 de setembro de 2018 às 18:40 - Atualizado há 2 anos

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

O Snapchat anunciou, nesta segunda-feira (24), uma nova ferramenta em seu aplicativo: uma busca virtual por produtos chamada de “Visual Search”. A ferramenta, que está em fase de testes, permitirá que os usuários apontem a câmera do aplicativo para um produto, encontrem mais informações sobre e o comprem na Amazon.

Além de apontar para os produtos propriamente ditos, é possível também comprá-lo apenas apontando a câmera para o código de barras. Quando o produto ou o código é reconhecido,  uma janela da Amazon com nome e preço aparece na tela do próprio Snapchat, com um link. Se o produto não está disponível na gigante do varejo, o aplicativo recomenda itens semelhantes.

Ao clicar na janela para a Amazon, o Snapchat abrirá o aplicativo da varejista (se o usuário o possuir) ou irá abrir o site, no qual o usuário poderá comprar o produto ou continuar pesquisando. No anúncio, a rede social afirmou a ligeira mudança em seu modelo de negócios: “O Snapchat foi sempre o meio mais rápido para se comunicar, e agora é o meio mais fácil para comprar!”.

Com a iniciativa, a rede social está buscando novas utilizações – principalmente após a grande adoção dos Stories no Instagram, uma das principais ferramentas oferecidas pelo Snapchat. Ainda neste ano, a rede social começou a testar a venda de produtos – no caso, seus próprios produtos de merchandising. A loja foi chamada de “Snap Store” e pode ter sido um teste inicial para provar que a plataforma seria capaz de vender produtos.

Outra iniciativa recentemente adotada pela rede social foi a plataforma de realidade virtual “Lens Studio”, no qual os usuários do aplicativo podem desenvolver seus próprios objetos 3D.

Veja como funcionará o Visual Search: