Regularam: Airbnb agora é responsável por recolher impostos em Paris

Avatar

Por Júlia Miozzo

25 de agosto de 2015 às 13:13 - Atualizado há 5 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 22 a 25/Fev - 2021, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

SÃO PAULO – O Airbnb vai começar a recolher impostos de turistas em Paris, seu maior mercado. A partir do dia 1 de outubro, a startup vai enviar todos os impostos recolhidos dos hóspedes para a prefeitura parisiense. Antes, a coleta de impostos era de responsabilidade dos anfitriões.

A taxa será de 83 centavos de euro ou 95 centavos de dólar por pessoa e por noite na categoria “meublés touristiques non classés” – mobiliados não classificados como turísticos. Eventualmente, a taxa se estenderá para outras cidades francesas.

A quantia, segundo comunicado da empresa, inclui a taxa de turismo e de administração do distrito. O valor será somado ao valor total pago por todos os hóspedes em todas as estadias de Paris.

“Somos gratos por nosso forte relacionamento com as autoridades francesas e estamos orgulhosos de lançar esse processo simplificado de impostos em nossa cidade número um”, disse Nicolas Ferrary, diretor do Airbnb na França. “Mais pessoas compartilham suas casas em Paris do que em qualquer outro lugar do mundo e esse novo processo vai garantir que Paris receba mais renda de nossa comunidade. Nós apreciamos a oportunidade de trabalhar com o Governo francês para fazer o imposto de turismo mais simples para todos”, finalizou.