Quinto Andar usará IA para sugerir melhorias e financiar reformas em imóveis

João Ortega

Por João Ortega

29 de março de 2019 às 15:41 - Atualizado há 2 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

O QuintoAndar, startup imobiliária que se tornou unicórnio em 2018, vai utilizar inteligência artificial para melhorar os imóveis em sua plataforma. Gabriel Braga, CEO e cofundador da empresa, revelou no evento Construtech Conference, da StartSe, que o sistema usará dados para identificar as principais características atrativas aos clientes e recomendar melhorias aos proprietários.

“O QuintoAndar já usa big data e inteligência artificial para otimizar a precificação dos imóveis, ranquear os mais populares e planejar rotas dos agentes responsáveis pelas vistorias”, explica o empreendedor. “Olhando pra frente, uma vez que otimizamos os processos, precisamos também melhorar a qualidade dos imóveis. A inteligência artificial analisa as informações em nossa base para entender que características ajudam a alugar mais rápido para dar recomendações ao proprietário do que ele pode melhorar e atrair mais clientes”.

28 perguntas respondidas sobre o modelo de negócio do QuintoAndar

Além de recomendar melhorias, a startup vai mais além. O QuintoAndar vai conectar o proprietário com empresas de reformas e, caso necessário, financiar a obra. Dessa forma, vai melhorar os imóveis na plataforma, aumentar a chance de ele ser alugado, sem custos iniciais ao proprietário. O financiamento será pago por meio da retenção de parte do aluguel.

“Assim, vamos aumentar a qualidade dos imóveis, rentabilizar o ativo do proprietário que nem sempre tem capital para reformá-lo”, resume Gabriel Braga. A iniciativa criará, portanto, um serviço financeiro no portfólio da startup imobiliária.

‘Conteúdo’ exclusivo

Durante a palestra, Gabriel Braga comparou uma novidade do QuintoAndar ao conteúdo exclusivo da NetFlix. O executivo disse que, assim como o serviço de streaming começou oferecendo apenas filmes e séries produzidos por terceiros, a imobiliária digital hoje tem apenas imóveis de outros proprietários na base.

Em um futuro próximo, porém, a startup vai utilizar as informações e a inteligência artificial para identificar locais em bairros com bastante procura e possibilidade de construir imóveis novos. Em parceria com empresas do setor, vai construir propriedades especialmente para aluguel no QuintoAndar – já com todas as características que fazem sucesso entre locadores.

“Serão imóveis feitos sob medida para os usuários do QuintoAndar”, finaliza Gabriel.