Quero Educação compra sede brasileira de empresa de marketing do Vale do Silício

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

10 de janeiro de 2020 às 16:05 - Atualizado há 7 meses

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

A Quero Educação anunciou, nesta quinta-feira (9), a aquisição da operação brasileira da QuinStreet, empresa de marketing fundada no Vale do Silício. O valor da transação não foi informado. A companhia utiliza inteligência artificial para promover marcas e serviços aos consumidores.

A QuinStreet opera em diversos mercados, como seguros, empréstimos, bancos e, é claro, educação. “A QuinStreet trabalha adquirindo alunos sem a necessidade da bolsa e nós sabemos que as faculdades têm interesse em aumentar o ticket médio (valor médio pago pelos alunos)”, afirma André Narciso, CEO da Quero Educação, em comunicado.

Edtech 2020: saiba como as novas tecnologias estão transformando a gestão do ensino e os modelos de educação

Segundo a Quero Educação, a QuinStreet teve R$ 27 milhões de faturamento em 2019. A companhia auxiliou em cerca de 100 mil matrículas para grandes corporações de ensino, como a Cogna (ex-Kroton), Cruzeiro do Sul e Laureate.

A CRISE MUDOU TUDO: APRENDA A MONTAR E DESENVOLVER ESTRATÉGIAS PARA AUMENTAR SUAS VENDAS NO AMBIENTE ONLINE — GESTÃO DE MARKETING ONLINE.

Em novembro do ano passado, a startup brasileira de São José dos Campos investiu R$ 20 milhões na startup Melhor Escola. O objetivo foi de integrar o programa de bolsas de estudo Quero Bolsa com a plataforma de buscas da Melhor Escola.

Leia mais sobre a Quero Educação