Pinterest estreia na bolsa com alta de 25% em ações

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

18 de abril de 2019 às 16:45 - Atualizado há 1 ano

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

O Pinterest debutou na bolsa de valores de Nova York (NYSE) com alta de 25% em suas ações. Com uma oferta de 75 milhões de ações, a empresa levantou US$ 1,4 bilhão de capital e atingiu o valor de mercado de US$ 15,8 bilhões.

Suas ações começaram a ser negociadas em US$ 19 – maior do que o valor previsto de US$ 15-17 por unidade. Consequentemente, o valuation atingido também foi maior do que o esperado, de US$ 11,3 bilhões.

A oferta pública inicial de ações foi administrada pelo Goldman Sachs, JP Morgan e Allen & Co. Ela foi listada com o nome de “PINS”, um dos símbolos da rede social. O Pinterest é um site de compartilhamento de fotos que permite que os usuários salvem coleções, reunindo imagens de viagens, roupas, decoração, entre outros.

No pedido para o IPO registrado na SEC, órgão regulador do mercado financeiro dos Estados Unidos, a empresa não se definiu como uma rede social, mas “uma ferramenta de produtividade para o planejamento de sonhos”.

A estreia do Pinterest na bolsa de valores acontece ao mesmo tempo do que o Zoom, ferramenta de videoconferência. Apesar disso, as empresas pertencem a mercados diferentes, o que não as torna concorrentes. As ações do Zoom alcançaram uma alta de 81% no primeiro dia de negociação.