Para fazer frente ao ataque da Uber, 99Easy talvez seja uma boa alternativa… ou será tarde demais?

Da Redação

Por Da Redação

12 de agosto de 2016 às 16:52 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

O modelo da Uber provou que usar motoristas “pessoas físicas” sai mais barato e melhor do que depender da frota de taxistas existentes na cidade – e suas principais concorrentes por aqui Easy Taxi e 99Taxis tiveram que se adequar ao modelo da rival americana. Mas a companhia pode ser vencida, caso as cartas sejam jogadas da maneira correta – como bem provou o Didi Chuxing na China.

Por aqui, parece que a Uber tomou a liderança e está em posição para dominar este setor – que, acredita o mercado, funcione como um “Winner Takes All”. Agora, as startups brasileiras preparam um ataque que pode ser visto como a última chance de desbancar o aplicativo de Travis Kalanick por aqui: a fusão de 99Táxis e Easy Taxi, rumores levantados na coluna de Guilherme Felitti, da Época Negócios.

De acordo com fontes ouvidas por Guilherme, as empresas já discutem isso desde o ano passado e as chances de fusão passaram para 50% – algo que só está crescendo – e uma decisão definitiva pode sair nos próximos dois meses. A fusão, diz a coluna, poderia vir com um aporte de US$ 100 milhões – permitindo que a 99Easy tenha dinheiro para gastar em uma tentativa de retomar o mercado.

Talvez, porém, essa fusão venha tarde demais. A Uber só cresce no Brasil, enquanto 99 e Easy estão sendo “deixados de lado” por conta de sua imagem associada aos taxistas (que se queimaram com a população e são mais caros). As companhias já possuem seus negócios de motoristas particulares, o Easy Go e o 99Pop, mas nada que chegue perto da quantidade de motoristas que já estão cadastrados na Uber.

Aumentar o dinheiro retido pelos motoristas e os descontos para o usuário pode funcionar, mas vai ser o grande gasto de dinheiro que até o Uber fugiu na China. Se a fusão realmente ocorrer (não comentada por nenhuma das duas empresas), vem uma guerra aí.

Mensagem do Editor
Ei, tudo bom?
Gostaria de agradecer pela visita! Meu nome é Felipe Moreno, sou editor-chefe do StartSe e, como muito de vocês, dono de uma (minúscula) startup de mídia.
E vou te fazer um pequeno convite: vamos bater um papo! É só se cadastrar aqui embaixo e eu vou te enviar alguns e-mails para você com o melhor do nosso conteúdo para te ajudar, seja você um empreendedor, funcionário, investidor ou apenas interessado neste maravilhoso mundo!
É um caminho de comunicação direto que nenhum outro portal oferece para seus leitores. E a intenção é construir uma comunidade vibrante que esteja preparada para todos os enormes desafios que virão. Vamos construir conhecimento e conteúdo juntos! Conto muito com a presença de vocês neste papo!
[php snippet=5]
E não é só isso! Você tem alguma sugestão de pauta? Quer conversar sobre sua startup? Assessora alguma empresa? Tem alguma dica que pode ajudar outros leitores? Quer ter a SUA matéria publicada no site?
O StartSe quer ouvir de VOCÊ, nosso leitor, o que precisamos fazer para melhorar cada vez mais o site! Deixamos o form abaixo para você, mas se quiser, basta mandar um e-mail para redacao@startse.com.br!
 [contact_bank form_id=3]
[php snippet=9]
E por último, não esqueçam de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook! Lá poderemos debater tecnologia, inovação, startups, empreendedorismo e criar um ambiente saudável de troca de opiniões e networking!