O que faz essa rede de farmácias ser a 3ª empresa mais inovadora do mundo?

Até no Brasil a empresa está presente, desde 2013: ela é detentora da rede Drogaria Onofre, com lojas em todo o Brasil

Avatar

Por Júlia Miozzo

19 de fevereiro de 2016 às 16:06 - Atualizado há 4 anos

Segundo o ranking da revista norte-americana Fast Company, a terceira empresa mais inovadora do mundo é a CVS Health, empresa detentora de rede de farmácias, varejo e clínicas de saúde que já conta com mais de 10 mil lojas nos EUA. Mas, afinal, o que essa empresa de um setor tradicional tem de inovador?

Como explica o portal da Fast Company, anteriormente a empresa se chamava CVS Caremark, mas foi renomeada para o atual em 2014. No mesmo ano, a empresa foi a 35ª listada na lista da Fortune Global 500, das maiores empresas do mundo, e em 10ª posição na lista da Fortune 500 de empresas norte-americanas.

Até no Brasil a empresa está presente, desde 2013: ela é detentora da rede Drogaria Onofre, com lojas em todo o Brasil.

Contato com tecnologia
O que a diferencia de outras redes de farmácia em todo o mundo é o fato de a CVS ter o seu próprio laboratório de inovação digital, aonde cria dispositivos inteligentes e aplicativos que promovem e melhoram os cuidados com a saúde.

Por exemplo, em sua subsidiária de clínicas de saúde, a MinuteClinic, os pacientes conseguem receber vacinas contra a gripe, exames de colesterol e diagnósticos de infecção no trato urinário.

Já no ano passado, a empresa lançou um aplicativo compatível com o Apple Watch, com um novo recurso que permite aos pacientes digitalizar receitas de medicamentos e cartões do plano de saúde para preencher medicamentos remotamente e criar lembretes para cada um.

Após banir a venda de cigarros em suas lojas em 2014, a empresa criou o seu próprio programa de incentivo à interrupção do hábito de fumar. Agora, vai lançar serviços ópticos e de audição e, para promover seu programa de educação ao paciente, ela criou uma parceria com a IBM para usar o sistema de inteligência artificial para conseguir prever quais consumidores precisam de uma intervenção para evitar crises de saúde.

Projeto de um bairro médico
Um dos projetos da empresa é criar um “bairro médico” para os pacientes, cujo foco vai ser melhorar o acesso ao sistema de saúde, melhorar a qualidade e diminuir os custos – nos EUA, o sistema de saúde não é tão acessível.

Assim, o bairro teria representações de todas as partes do sistema de saúde: cuidados primários, farmácias, clínicas, serviços de diagnóstico, saúde pública e serviços sociais e para comunidade.

“Todos têm um papel importante em manter os pacientes saudáveis, mas ao invés de seguir, na maioria das vezes, um caminho fragmentado de uma parte para outra, os cuidados de um paciente são conduzidos pelos cuidados primários. Esse foco tem muitos benefícios, incluindo diminuição dos custos, melhores resultados de saúde e maior longevidade”, escreveu o portal da CVS.

A campanha da empresa também se estende para ensinar os pacientes a quando procurar cada parte do sistema de saúde.