Nubank caminha para corrigir algo de que clientes sentem falta

Avatar

Por Paula Zogbi

21 de março de 2016 às 10:21 - Atualizado há 5 anos

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

Uma das grandes vantagens do crédito sobre o débito para pagamento de produtos e serviços é o acúmulo de pontos e milhas aéreas – algo que o cartão da fintech Nubank ainda não tem.

De acordo com o Estadão Conteúdo, isso deverá mudar em breve: fontes afirmam que a startup tem feito reuniões nos últimos meses com empresas como Smiles e Multiplus. O próprio CEO da Nubank, David Vélez, só diz que ainda “não chegaram lá”.

Ao mesmo tempo, o co-fundador deixou claro que não quer fazer nada com pressa. “Não faz sentido que o cliente não consiga ver os pontos recebidos em tempo real ou tenha um monte de obstáculos na hora de emitir uma passagem”, explicou à reportagem da agência.

Atrelados às oscilações do dólar, os programas de milhagens e pontuações em cartões de crédito são hoje relativamente complicados para o consumidor, algo que vai contra a tendência da fintech de facilitar o relacionamento por meio da tecnologia.